1º Mini TLC: união intermunicipal resgata projeto de evangelização

por Redação JB Litoral
04/09/2013 00:00 (Última atualização: 04/09/2013)

NULL

Ideia que nasceu na comunidade do facebook “MOCC/MOCCÃO e TLC eu participei” e se tornou um forte objetivo no coração de antigas lideranças da igreja, como as irmãs Denize e Marilene Rocha, e ganhou a adesão e apoio de membros da comunidade, a realização do 1º Mini TLC no último final de semana, resgatou o projeto de evangelização da igreja católica dos anos 70 e 80.

Com o aval e apoio do Bispo Diocesano Dom João Alves dos Santos, uma equipe de lideres religiosos, formada através da rede mundial, resgataram os movimentos católicos dos anos 70 e 80,  com a realização do encontro espiritual denominado o “Quarto Dia”.

O encontro marcou o retorno ao mesmo local onde ocorreram as edições do MOCC, TLC, PLC e OVISA, ou seja, a sede paroquial da Colônia Quintilha em Paranaguá.

Porém, para realização do 1º Mini TLC, apenas a força de vontade e a dedicação desta equipe não seria o suficiente e, graças a uma comunhão de esforços intermunicipal, envolvendo as cidades de Paranaguá, Curitiba e Guaratuba, o encontro foi realizado com sucesso nos dias 30, 31 e 1º de setembro.

A organização do 1º Mini TLC ficou dividida entre as três cidades com a Coordenação Geral do TLC de Curitiba, comandada pelo Jeferson Carvalho, Wilse Carvalho.

Em Paranaguá estiveram envolvidas na organização, diversas lideranças cristãs, que se reuniam todas as segundas-feiras, na casa de Rosangela Santos Pelegrini Neves.

De Guaratuba atuaram Clécio João Tkachechen, Olga Martini Chaves, Laufran Bevervanso, Rocio Bevervanso, Fabiano Cecílio da Silva, Luiz Antonio MIchalysing Filho, Rosilda Borges e Marcia Natalino, Artur dos Santos, Padre Francisco Santos Lima, além de vários grupos de jovens que deram total apoio ao encontro.

O Padre Emerson Zella foi o diretor Espiritual, que comandou este primeiro encontro que reuniu 48 cursistas, sendo 23 de Guaratuba e 25 de Paranaguá.

O 1º Mini TLC trabalhou na evangelização e formação de lideres cristãos com idades entre 13 e 17 anos.

Como tudo começou

Os movimentos de cristandade surgiram nos anos 70 para evangelizar e incentivar os jovens ao trabalho de liderança cristã. Os mais populares foram o Treinamento de Liderança Cristã (TLC), feito para jovens a partir dos 18 anos e criado para promover o “encontro” de jovens, durante três dias, em locais preparados para oração e estudo da Palavra de Deus.

O objetivo era promover o encontro com os amigos e consigo mesmo, como na parábola do Filho Pródigo. Fazia-se um filme da vida de cada um, perante Deus. Após o encontro, o jovem apresentava sua disposição diante de Deus, de ser um bom cristão, um bom líder, um bom filho, tudo isso entre canções católicas, palestras e animações.

Com o TLC surgiu o Movimento de Conscientização Cristã (MOCC), criado para o mesmo trabalho de evangelização e conscientização, porém, para jovens adolescentes de 14 a 18 anos. Os movimentos aconteciam no Centro de Formação Diocesana, localizado Colônia Quintilha, durante três dias, com jovens de comunidades eclesiais de base (grupo de jovens) de Paranaguá e outras cidades que compõem a Diocese de Paranaguá.

São elas, Matinhos,Guaratuba, Guaraqueçaba, Morretes, Antonina, Cerro Azul, Campina Grande do Sul, Colombo, Bocaiúva, além das cidades de Rio Negro, Castro e Adrianópolis.

Durante o período que esteve em atividade, de 1970 a 1984, mais de 200 dirigentes se revezaram para trabalharem, como voluntários nesses movimentos, ocupando as funções na sala de palestras, na cozinha, na ligação externa e nas escolinhas de formação que existiam nos dois movimentos.

 

Deixe um comentário