Claudio da Silva assume pela terceira vez a Presidência da Câmara de Guaratuba

por Redação JB Litoral
17/01/2019 13:26 (Última atualização: 21/01/2019)

Claudio foi empossado pela 3ª vez como presidente da Câmara (Foto/Câmara de Guaratuba)

Caminhando para completar duas décadas sendo conduzido pela população para o Poder Legislativo, o Vereador Claudio Nazário da Silva (PMDB) foi eleito para presidir a Câmara de Vereadores de Guaratuba até 2020.

A posse da nova Mesa Diretora aconteceu dia 1º deste mês e assumiram, também, a Vereadora Paulina Jagher Muniz (PT), conhecida como Professora Paulina, como Vice-presidente, o 1º Secretário Vereador Sérgio Patrício Alves Braga (PROS) e a 2ª Secretária Vereadora Maria da Silva Batista (PSB), a Maria do Neno.

Eleito vereador pela primeira vez em 1992, foi reeleito nos mandatos de 1996, 2000, 2008 e 2016. Mais de uma década e meia defendendo os interesses dos guaratubanos na tribuna.

Ele já exerceu a função de Secretário Municipal da Fazenda em 1997 e 1998 e foi Secretário de Administração em 2015 e no ano passado. Com bastante experiência em gestão, esta é a terceira vez que ele administra o Poder Legislativo, onde geriu a Câmara Municipal em 1999/2000 e também em 2009/2010, retornando ao cargo em 2019, para o biênio.

Durante o ano passado, licenciou-se do cargo no Legislativo e esteve, por quase seis meses, auxiliando o Prefeito Roberto Justus (DEM) como Secretário Municipal de Administração. Em outubro, votou contra o pedido para a abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) contra Justus, após as eleições quando o prefeito ameaçou exonerar praticamente todos os cargos comissionados da prefeitura, devido à baixa votação que o pai, Nelson Justus, recebeu na cidade. Atitude que acabou reconsiderando.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Na ocasião, Claudio defendeu que o mais importante para a cidade e sua população seria os vereadores brigarem com o prefeito por mais melhorias aos guaratubanos. “Vamos brigar para que ele comece a arrumar as ruas, que a gente comece a arrumar essa cidade, argumentou.

Fiscalização do Executivo continua

De acordo com ele, como presidente do Legislativo, a Câmara irá continuar realizando a fiscalização das atividades do Executivo e de como está sendo gasto o dinheiro dos impostos dos contribuintes, sempre pautando pela legislação da Casa e do município.

Seguiremos o que preceitua o Regimento Interno da Casa e a Lei Orgânica do município”, diz.

O presidente afirma que a articulação política necessária para o desenvolvimento das atividades caberá a cada vereador e/ou partido, seguindo as leis vigentes. “Minha expectativa para os próximos dois anos é a melhor possível. Torcendo e fazendo de tudo para que nosso município cresça cada vez mais, e que a nossa população se sinta satisfeita com as atividades da Câmara Municipal”, declara.

Deixe um comentário