Em quarentena, secretário de Saúde diz que não deixará função

por Redação JB Litoral
01/06/2020 17:06 (Última atualização: 01/06/2020)

Odileno confirmou que uma das profissionais que testaram positivo é a sua esposa.

A cidade de Antonina, até o dia 27 de maio, era a única a não apresentar casos de Covid-19. Depois que um médico de Morretes teve a confirmação da doença, o qual também trabalha no hospital da cidade capelista, a situação mudou. De acordo com o último boletim epidemiológico, divulgado no domingo (31), pela Secretaria da Saúde do Estado do Paraná (Sesa), Antonina registra cinco confirmações da doença. As pessoas infectadas são quatro técnicas de enfermagem, as quais tiveram contato com o profissional que contraiu o vírus.

Mesmo não tendo o diagnóstico positivo do novo coronavírus, um dos casos confirmados da pequena cidade acabou atingindo, indiretamente, o secretário Municipal de Saúde de Antonina, Odileno Garcia Toledo. Em um vídeo, publicado na página da Vigilância em Saúde no dia 30 de maio, ele confirmou que, uma das profissionais que testaram positivo para a Covid-19, é a sua esposa.

Por conta disso, mesmo que o seu teste tenha dado negativo, ele segue em isolamento. Conforme Garcia, ele não vai deixar a secretaria, apenas adaptar a forma de trabalho para proteger os seus colegas de trabalho.

Posted by Vigilância em Saúde Antonina on Saturday, May 30, 2020

“Estou me isolando, mas não estou saindo da secretaria. Já estamos nos organizando para tocarmos os serviços daqui para frente. Por proteção da equipe, por minha esposa ser uma técnica que se infectou com essa doença, eu tenho que proteger as pessoas que têm o contato direto comigo. Vou fazer o trabalho com a equipe pelo telefone”, disse o secretário.

Ainda de acordo com Odileno, mesmo atuando na linha de frente, foi uma surpresa o vírus ter chegado no município por meio de profissionais da saúde. Ele reforçou, ainda, que a Secretaria Municipal de Saúde está preparada para lutar contra a infeção viral e que o uso de máscara e álcool em gel é primordial para a segurança de todos.

Desinfecção das unidades de saúde

A Prefeitura de Antonina começou o trabalho de desinfecção do Hospital Silvio Bitterncourt Linhares e de todas as unidades médicas da região. A ação, intermediada pela Secretaria Municipal de Saúde, teve início no dia 31 de maio.

O prefeito do Município, José Paulo Vieira Azim (PSD), o Zé Paulo, destacou, em sua rede social, que não se deve admitir que o trabalho dos profissionais de linha de frente seja em vão, orientando à população a evitar aglomerações.

“Esses procedimentos visam aumentar a segurança dos nossos profissionais e também da comunidade que frequenta os ambientes hospitalares. E nunca é demais lembrar: cada um precisa fazer a sua parte e manter o isolamento”, pontuou Azim.

Prefeitura não se pronuncia sobre o trabalho remoto

O JB Litoral entrou em contato com a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Antonina, para saber como ficarão os trabalhos de combate ao coronavírus sem presença física do secretário de Saúde. Com isso, outro questionamento levantado foi se o trabalho remoto por parte do profissional de saúde vai atender a demanda do município. Entretanto, até o fechamento desta reportagem, não obteve resposta.