Acusado da morte de Karol Gauto será julgado em 2014

por Redação JB Litoral
01/10/2013 00:00 (Última atualização: 01/10/2013)

NULL

Em maio a Justiça acatou denúncia da 6ª Promotoria de Justiça de Paranaguá, contra Herbert Santiago Alves Pereira (29), acusado da morte da jovem líder do PDT, Anni Karoline Gauto (22) e da tentativa de homicídio de Emily Lessa (24) e do preparador físico, Fabiano Rinaldi (43), dia 6 de abril deste ano, em Pontal do Paraná.

Hoje às 16 horas, a justiça ouviu as pessoas envolvidas no acidente que pôs fim a vida da recém formada administradora de empresas, Karol Gauto, e vestiu luto na política jovem de Paranaguá.

A amiga de Karol que estava no banco traseiro e sobreviveu ao forte impacto do acidente, a modelo Emily Lessa, foi ouvida por dois juízes e pelo promotor de justiça, da mesma forma que o taxista que teve seu carro roubado por Herbert no acesso ao bairro do Porto Seguro.

O advogado do acusado de homicídio, Werner Kovaltchuk, acompanhou os depoimentos, enquanto sua família aguardava no Fórum de Paranaguá.

Bastante emocionado pelas lembranças, Emily manteve os amigos informados sobre o depoimento, através da rede mundial, onde postou “sei que de algum lugar vc está me dando forças”, fazendo referência a amiga que tanto gostava.

De acordo com familiares e amigos, o julgamento de Herbert acontecerá no inicio de 2014.

A trágica morte de Karol Gauto abriu um hiato na política jovem da cidade, em razão do trabalho forte, determinado e de resultados, desenvolvido junto aos movimentos estudantis, Conselho Municipal da Juventude e na Juventude do PDT no Paraná.

A carreira política de Karol Gauto começou de forma bastante precoce, durante a gestão do prefeito José Baka Filho (PDT). A disposição para organizar os jovens, quer nos movimentos estudantis e grêmios escolares, chamou a atenção de importantes lideranças políticas, não só da cidade, bem como do Estado.

A filiação ao PDT, fez de Karol Gauto, um símbolo da juventude parnanguara no partido de Leonel Brizola e, a partir deste momento, ela passou a se dedicar e defender, sempre de forma aguerrida, as bandeiras do partido.

Neste período Karol Gauto participou dos processos eleitorais e dos movimentos do PDT local, em defesa dos interesses da cidade, entre eles, o que cobrou do governador Beto Richa (PSDB), o pagamento do ISS do porto para prefeitura.

Consolidada sua liderança, Karol participou ativamente de outras frentes pedetistas, inclusive em outras cidades do Paraná, como na eleição do prefeito Barbosa Neto em Londrina.

A facilidade de mobilização e conscientização dos jovens fez dela, presidente Conselho Municipal da Juventude (CMJ) e integrante da Executiva da Juventude Socialista do Paraná. Época que recebeu elogios pelo seu trabalho do ex-senador e presidente do PDT do Paraná, Osmar Dias. Interessada nos assuntos relacionados ao PDT, Karol participou do 5º Congresso Nacional do PDT, realizado no Rio Grande do Sul, em setembro de 2011.

Após a eleição de 2012, onde Karol teve participação imprescindível na reeleição do vereador Jozias de Oliveira Ramos do seu partido, conseguindo um grande número do voto jovem, Karol Gauto se mostrava desanimada com o PDT.

Mesmo assim ainda estava filiada e sendo assediada por outras siglas para prosseguir seu trabalho de conscientização dos jovens para política.

No mesmo dia de seu trágico acidente, o senador Álvaro Dias, líder do PSDB no Senado, lamentou a morte de Karol e manifestou pesar em seu blog.  No texto o senador comenta uma recente visita que ela fez ao seu gabinete.

Karol visitou-me há poucas semanas… revelando os seus sonhos de participação política. Filiada ao PDT pretendia colaborar na organização da juventude do seu partido. Queria também criar uma ONG para desenvolver ação de cunho social nas áreas pobres de sua cidade. Era presidente do Conselho da Juventude da cidade. Uma vocação roubada pela violência! A brutalidade das ruas sepultando sonhos! Os meus sinceros sentimentos e solidariedade” postou o senador.

O último trabalho político de Karol aconteceu no dia 2 de abril, uma terça-feira, onde participou de uma reunião especial, na Câmara de Vereadores, juntamente com José Carneiro da Silva, assessor da juventude da prefeitura e o assessor legislativo do deputado Mauro Moraes (PSDB), Brayan Roque. Neste dia Karol apresentou boas ideias para política da juventude.

No seu sepultamento realizado dia 7 de abril, domingo, ás 10 horas, a emoção tomou conta de familiares, amigos e jovens militantes partidários. De acordo com o blogueiro José Carneiro, foi um momento de grande comoção.

“Um grupo de jovens amigos de Karol tentou cantar a canção com a qual ela fez sua última postagem no facebook (A dois passos do paraíso), porém, quando a música chegou ao refrão, ninguém conseguiu terminar a música, devido a muitas lágrimas e foi uma choradeira só”, postou José Carneiro que também não segurou as lágrimas.

Karol havia se formado em administração de empresas em 2012 e ainda não tinha participado da cerimônia de formatura. No dia 11 de maio deste ano, ela completaria 23 anos.

 

Deixe um comentário