Antonina apresenta novas medidas de combate à Covid-19 e decreta toque de recolher

por Cleverson Teixeira
01/04/2020 15:55 (Última atualização: 01/04/2020)

De acordo com Azim, o toque de recolher começa a partir das 21h

Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (1º), na Prefeitura Municipal de Antonina, o prefeito da cidade, José Paulo Vieira Azim (PSD), o Zé Paulo, anunciou a reedição do Decreto n.° 69/2020, que dispõe sobre o funcionamento dos estabelecimentos essenciais, e divulgou outra determinação, a 70/2020, a qual estabelece o toque de recolher aos moradores da cidade.

De acordo com as novas medidas de combate ao coronavírus, adotadas pelo município, os restaurantes e as lanchonetes deverão dar prioridade ao atendimento delivery, mas não fica proibido o atendimento presencial, desde que os empresários cumpram as normas impostas pelo Ministério da saúde. As igrejas, conforme o documento, também poderão realizar cultos de forma presencial, mas com as mesmas regras determinadas aos estabelecimentos comerciais.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Odileno Garcia Toledo, o qual estava presente na coletiva, é recomendável que o grupo de risco permaneça em isolamento social e que, as empresas, além de seguirem as orientações de combate à Covid-19, precisam adequar o ambiente comercial. “Neste momento, obrigatoriamente, o comércio que for abrir vai ter que disponibilizar um local para lavagem das mãos ou disponibilizar álcool em gel para os clientes. O espaço entre as mesas deverá respeitar o limite de dois metros quadrados ou um metro e meio, de uma mesa para outra. Para manter esse controle e evitar aglomeração de pessoas dentro dos estabelecimentos, vai ter que limitar o número de clientes”, afirmou.

Com relação aos serviços não essenciais, como, lojas de roupas, calçados, eletrodomésticos e bares, Zé Paulo relatou que a tendência é haver uma permissão para um atendimento controlado, mas, também, dentro das medidas necessárias. “Um grupo de comerciantes já está se reunindo para trazer uma proposta para a prefeitura, para ver como esses serviços irão funcionar”, disse.

Toque de recolher das 21h às 6h

Assim como as novas recomendações realizadas pelo gestor municipal, foi editado o Decreto n.° 70/2020, que tem como finalidade o toque de recolher, em Antonina. Segundo o prefeito, essa medida foi estabelecida, justamente, para evitar o grande número de pessoas nas ruas da cidade. “Esse decreto visa intensificar aquela proposta para a comunidade, que é evitar aglomeração, instituindo o toque de recolher, a partir das nove da noite. A gente tem que tomar essas medidas que não são simpáticas, mas a nossa prioridade é pela vida”, salientou.

Neste período de isolamento, conforme as autoridades locais, será permitida apenas a circulação de profissionais da saúde, segurança, assistência social, delivery de alimentos, funcionários do Porto e de empresas privadas, com a comprovação de necessidade e urgência do descolamento. A Polícia Militar do município será a responsável pela fiscalização.

Caso as determinações não sejam respeitadas, pedestres que estiverem nas ruas serão multados e conduzidos coercitivamente à 3ª Companhia da Polícia Militar da cidade. Já os motoristas, além de arcarem com as mesmas penalidades, terão os seus veículos apreendidos.