Antonina é a única cidade do Paraná no PAC Cidades Históricas

O Município de 19 mil habitantes vai restaurar oito imóveis de interesse histórico com recursos do programa federal. Antonina foi a única escolhida no Paraná.

por Redação JB Litoral
13/09/2013 00:00 (Última atualização: 13/09/2013)

NULL

Três igrejas (santuário de Nossa Senhora do Pilar, Sao Benedito, e Bom Jesus do Saivá) e cinco construções históricas da cidade (restauração  do Armazém Macedo e barracão Anexo, Restauração do Sobrado da Prefeitura Municipal e anexo, Conservação e Revitalização da Estação Ferroviária e do entorno, Restauração da Fonte da Laranjeira e requalificação do Largo da Fonte e entorno, Restauração da Fonte da Carioca e requalificação do Largo da Carioca) tudo restauradas com recursos do PAC Cidades Históricas, do governo federal nesta primeira etapa.

Os projetos e municípios escolhidos foram anunciados na última terça-feira (20) pela presidenta Dilma Rousseff, em solenidade na cidade de São João Del Rei (MG), onde o prefeito de Antonina estava presente.  Antonina tem 19 mil habitantes e foi a única contemplada pelo programa no estado. De acordo com o secretário de Comunicação do município, José Luiz Velloso, Antonina receberá R$ 17 milhões para executar as obras de restauro.

“Somos gratos ao Iphan (instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) a  presidenta Dilma, a Ministra Gleisi e ao Deputado federal Ângelo Vanhoni que nos deram a condição de obter estes recursos, que vão transformar nossa cidade. Assim,vamos poder reconstruir nossa histórica e valorosa cidade” enaltece o prefeito João Domero.

A comunidade que no inicio do tombamento da cidade ficou receosa. Hoje, com o anuncio das inúmeras recuperações que o PAC Cidades Históricas vão oportunizar, está feliz da vida.

De acordo com o prefeito João Domero (PSC), as obras vão começar pelo santuário devido à importância histórica para a cidade, mas outras igrejas, como a de São Benedito e do Bom Jesus do Saivá, também serão reformadas. “Nossa história começa com a construção da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar.

As outras duas igrejas contempladas também são de suma importância dentro da nossa centenária história, mas vamos privilegiar o início da nossa formação”, diz emocionado o prefeito João Domero.

Deixe um comentário