APP/Sindicato Litoral e categoria marcaram presença no “30 de Agosto”

por Redação JB Litoral
03/09/2013 00:00 (Última atualização: 03/09/2013)

NULL

Demonstrando mais uma vez, união e participação em todas as ações em defesa da categoria, funcionários e profissionais da educação de todo litoral, fizeram sua parte na luta pela categoria. Uma caravana composta por seis ônibus e duas vans se deslocaram até Curitiba para participar do ato público “30 de agosto – Dia de Luto e de Luta”.

“Essa data  jamais poderemos esquecer, quando, em 1988, o governador Alvaro Dias ordenou que a polícia militar nos atacasse com cacetetes, bombas de efeito moral, balas de borracha e a cavalaria  em cima dos professores que participavam de uma manifestação pacífica na praça Nossa Senhora de Salete no Centro Cívico”, relembrou o presidente do Núcleo Sindical da APP/Sindicato do Litoral, o professor Claiton Rocha.

De acordo com o presidente, este ano completa 25 anos deste episódio, considerado triste e negativo na história da educação do Paraná. “Marchamos todos os anos para que nenhum outro governante tenha a ousadia de cometer este mesmo ato contra os profissionais da educação ou qualquer outro cidadão brasileiro”, disse Claiton Rocha.

O presidente aproveita para agradece todos os profissionais da educação que contribuíram para essa ida à Curitiba, entre eles Lindamir Alves e Jiane Fan(secretarias da APP), Anderson Lima (agente educacional 1), Marcel Cunha (secretario de Organização), Vera Lucia (Secretaria de Diversidade), Francelino Correa (secretário de saúde), Marcos Andre (Guaratuba), Maria Roseli (Pontal do Parana), Oseias (Tagaçaba), Elizeu (Matinhos) e Patricia Xavier (Antonina). “Sem esses profissionais nos ajudando não teríamos o sucesso que foi esse 30 de agosto”, justificouo presidente que também parabenizoo o Colégio Estadual Carmem Costa, que lotou um ônibus para ir no ato público.

“Que todos os outros colégios saibam também da importância da nossa luta”, finalizou Claiton Rocha.

Deixe um comentário