Aquário: prefeito garante ingresso de R$ 10 aos moradores de Paranaguá

Anúncio foi feito durante inauguração do espaço, na manhã de segunda-feira (13). Há mudanças nos valores para crianças e idosos. Governo e Prefeitura trabalham para lançar licitação de obras do entorno.

por Redação JB Litoral
14/01/2014 00:00 (Última atualização: 14/01/2014)

NULL

O Prefeito de Paranaguá, Edison de Oliveira Kersten, anunciou que moradores da cidade que quiserem visitar o Aquário Estadual Domenico Cattalini, inaugurado na manhã de segunda-feira (13), pagarão R$ 10 pelo ingresso – valor que representa metade do anteriormente divulgado pela AcquaMundo, empresa que administra o local. O anúncio foi feito pelo prefeito na manhã de segunda-feira (13), durante inauguração do espaço, com a presença do governador do Estado, Beto Richa, secretários estaduais e municipais, vereadores e comunidade. 

Segundo adiantou o prefeito, a medida foi tomada após uma negociação com a empresa na tarde de sábado (11) e, para obter o desconto, será preciso apresentar um comprovante de residência (como fatura de água, luz ou telefone). O benefício é extensível ao grupo familiar do morador, desde que o parentesco seja comprovado por cédula de identidade ou outro documento com valor legal idêntico. 

Além disso, o chefe do executivo municipal também anunciou mudanças nas tarifas de outras faixas etárias. Crianças até 5 anos serão isentas de pagamento (antes, a isenção abrangia crianças de, no máximo, 2 anos); entre 6 e 14 anos, será cobrada taxa de R$ 15. Idosos e aposentados pagarão R$ 10. Estudantes da rede municipal e estadual de ensino serão isentos do pagamento, desde que seja agendada a visita da escola. Estudantes, incluindo os do Ensino Superior, que queiram realizar a visita sem a escola pagarão R$ 10 (meia-entrada), desde que comprovem a matrícula. 

Em seu discurso, o prefeito ressaltou o potencial turístico do empreendimento. “É uma realização muito grande inaugurarmos este atrativo. Segundo informações da empresa, nosso aquário é o único do Sul e o maior do País. Temos certeza que irá movimentar o turismo de todo o litoral”, disse. 

A Prefeitura de Paranaguá, em parceria com o Governo do Estado, já está preparando a licitação da empresa que fará as obras do entorno do Aquário, que compreendem o alargamento da Rua da Praia, a revitalização do Palco Tutoia, a construção de um atracadouro público, espaço para exposição de artesanato local, fortalecimento do setor gastronômico e o novo Mercado Municipal do Peixe, num investimento de R$ 10 milhões. 

“Nossa intenção é que o setor turístico funcione em conjunto para fomentar tanto a gastronomia, quanto o artesanato local, passando pela valorização de artistas da cidade. Queremos que o turista venha atraído pelo Aquário, mas que se encante com o seu entorno, com nosso casario histórico e nossa cultura”, disse. “Se apenas considerarmos a população de Curitiba, temos um contingente de mais de 3 milhões de turistas em potencial. É esse turista, que muitas vezes prefere sair do Estado, que queremos trazer para a cidade e para o litoral”, enfatizou. 
O governador Beto Richa também comentou o potencial turístico do Aquário e salientou a parceria com o governo municipal. “A inauguração do Aquário marca o compromisso do nosso Governo não só com Paranaguá, mas com todo o litoral”, disse. “Gostaria de parabenizar e agradecer ao prefeito Edison pela parceria que possibilitou a aceleração do processo que permitiu estarmos aqui hoje”, disse. 

Tarcísio Mossato Pinto, presidente do IAP (Instituto Ambiental do Paraná), disse que “o aquário envolve o trabalho de muita gente e, sobretudo, a expectativa da comunidade de Paranaguá, que esperou anos para que isso acontecesse. Também agradeço a parceria com o prefeito Edison e toda a sua equipe, fundamental para que isso acontecesse”. 

O presidente da Câmara de Vereador, Marquinhos Roque, agradeceu lembrou a união de forças entre executivo e legislativo na aceleração do processo. “Essa obra demorou para inaugurar devido, muitas vezes, a brigas políticas. Desde a nova administração, no início do ano, a Câmara fez de tudo para acelerar o processo, culminando na importante celebração que fazemos hoje”, disse. 

Compensação 
A obra do Aquário foi realizada pela empresa Catallini como forma de compensar o Estado pelos impactos causados ao meio ambiente após a explosão do navio Vicuña, em 2004, na Baía de Paranaguá. O projeto teve um custo de R$ 7 milhões. 
A empresa firmou o contrato por 20 anos e será responsável pelos animais, bilheterias, estacionamento, pessoal capacitado, lanchonetes, lojas e exposições no local. O contrato prevê a outorga de 2% da renda bruta mensal para o IAP, que vai fazer a fiscalização da concessão e terá autonomia para aplicar multas em situações de descaso ou má administração.

Estrutura 
Com cerca de dois mil metros quadrados, o Aquário Marinho é o maior da região Sul e um dos maiores do País. Dividido em três pavimentos, o aquário conta com 23 tanques, biblioteca, auditórios, mirante e jardim. A abertura ao público será na terça-feira (14), a partir das 10 horas. 

Presença
Participaram da inauguração do Aquário Marinho de Paranaguá, o secretário municipal de Indústria e Comércio, Antônio Saad Gebran Sobrinho, o superintendente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Luiz Henrique Dividino; os secretários estaduais Reinhold Stephanes (Casa Civil), Cassio Taniguchi (Planejamento) e José Richa Filho (Infraestrutura), o presidente do ITCG, Amílcar Cabral; o diretor da Ceasa, Eduardo Pimentel, os deputados estaduais Rasca Rodrigues e Mauro Moraes, secretários municipais, vereadores e comunidade em geral. 

Serviço
Até o fim da temporada, o Aquário Marinho de Paranaguá vai abrir todos os dias, a partir das 10h às 20h. Durante as aulas escolares, 10h às 18h fechando as segundas-feiras.

Deixe um comentário