Assessor com suspeita de Covid-19 preocupa servidores da Câmara de Paranaguá

por Redação JB Litoral
14/05/2020 16:45 (Última atualização: 15/05/2020)

408 candidatos disputarão as 19 vagas da Casa de Leis.

Na tarde desta quinta-feira (14) rumores que o assessor legislativo do vereador Adilson Soares Zela (PSC), o pastor Ananias Francisco dos Santos Rodrigues, teria sido confirmado de Covid-19, preocupou servidores da Câmara Municipal de Paranaguá.

Um áudio que circula nas redes sociais, atribuído a uma servidora da Câmara de Vereadores, informa que o vereador Tucano teria ido até o Palácio Carijó, sede do Poder Legislativo, para avisar da suposta confirmação de Coronavírus do seu assessor. Em outro áudio, a mesma pessoa informa que todos os servidores e assessores que tiveram contato foram afastados.

O JB Litoral tentou contato com o assessor legislativo e o vereador Tucano, mas nenhum deles atendeu os telefonemas e nem respondeu no WhatsApp. Procurada pela reportagem, a Assessoria de Comunicação disse não ter conhecimento do assunto e que iria se inteirar sobre o caso para tomar as providências necessárias, caso a situação seja confirmada.

Vale destacar que os vereadores cobraram do presidente da Câmara, Waldir Turchetti da Costa Leite (PSC), no início dos decretos baixados por conta da pandemia, a realização de sessão de forma remota, como adotado em diversas esferas de poder. Após uma reunião feita sobre a demanda que ficou de ser adotado este sistema e, até agora, nada foi feito, segundo informou o vereador Nóbrega (Avante).

Atualmente as sessões continuam sendo realizadas normalmente, inclusive com vereadores que fazem parte do grupo de risco, por terem idade a partir dos 60 anos e, depois do último decreto de isolamento, que os obriga ficar em casa.

A reportagem procurou ainda o Chefe da Primeira Regional de Saúde, José de Abreu, que desconhecia o fato. Repassado a ele os áudios da servidora, ele ficou de levantar o caso para ver o que, de fato, está ocorrendo.