Balanço aponta redução da criminalidade na primeira semana da Operação Verão

por Redação JB Litoral
28/12/2018 00:00 (Última atualização: 28/12/2018)

Durante coletiva de imprensa no fim da manhã desta sexta-feira, 28, no Sesc Caiobá, em Matinhos, foi divulgado o balanço das primeiras atividades da Operação Verão no litoral paranaense. Conforme as informações, divulgadas através do site da Polícia Militar do Paraná, em sete dias de extensas atividades oferecidas aos veranistas, houve a redução de 19,23% nos roubos, 16,6% nos casos de furtos e de 26,3% dos casos de violência doméstica em comparação com o mesmo período da temporada passada.

“Temos que enfatizar que as competências de cada um dos órgãos e que a missão de todos têm sido muito bem cumpridos. Nesses primeiros dias de Verão Paraná fizemos milhares de atendimentos e, oferecemos pronta resposta às demandas que surgiram, buscando levar ao veranista mais tranquilidade e segurança”, explicou o coordenador estadual da Operação Verão Paraná 2018/2019 e secretário chefe da Casa Militar, coronel Maurício Tortato.

SEGURANÇA

Conforme as informações, a atuação preventiva da Polícia Militar, por meio do policiamento ostensivo na orla e nas demais regiões dos municípios litorâneos, contribuiu para a queda dos índices de crimes. Em uma semana foram registradas 14 ocorrências de violência doméstica contra 19 no mesmo período da temporada anterior (-26,3%), outras 14 situações de tráfico de drogas, que no ano anterior foram nove (-55,5%), além de 55 casos de furtos, diferente do ano passado quando foram 66 (-16,6%) e 21 de roubos neste período contra 26 no período do ano anterior (-19,2%).

As equipes policiais militares abordaram ainda 2.221 pessoas (no mesmo período do ano anterior foram 1.175) e lavraram 250 Termos Circunstanciados de Infração Penal (TCIP) contra 207 do ano passado. As abordagens preventivas feitas pelos policiais militares resultaram em 14 prisões de pessoas que possuíam mandados de prisão em aberto. No mesmo período do ano anterior foram quatro. “Nós fizemos algumas operações há cerca de quatro meses antes da temporada, de cumprimento de mandados, não só em Paranaguá, mas em todas as cidades do Litoral, que prenderam cerca de 25 pessoas e apreenderam 30 a 45 quilos de drogas, além de armas”, descreveu o comandante do 9 Batalhão de Polícia Militar, responsável pela Comando Operacional da Operação Verão, tenente-coronel Rui Noé Barroso Torres.

CRIANÇAS

Nos pontos de policiamento fixo ao longo da orla foram distribuídas as pulseirinhas de identificação para crianças e pessoas idosas. Os policiais militares entregaram 2.455 pulseiras desde a sexta-feira passada até agora. Já o Corpo de Bombeiros distribuiu 2.171 pulseirinhas no mesmo período.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

PRAIA

Nos primeiros sete dias de Operação Verão, o Corpo de Bombeiros fez 3.516 advertências, 7.562 orientações, 66 resgates, atendeu 93 incidentes com água-viva e localizou 53 crianças perdidas.

“As orientações e as advertências aumentaram, e isso significa que o guarda-vidas está trabalhando, justamente, com a prevenção, pois a orientação significa que a pessoa está indo para um local de risco e o guarda-vidas está atuando para retirar esta pessoa daquele local. Se ele não atuasse, seria, provavelmente, um salvamento ou até mesmo um óbito”, explicou o comandante do 8º Grupamento de Bombeiros e coordenador operacional do Verão Paraná 2018/2019 do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Gerson Gross.

Desde o início do Verão até agora, houve cinco óbitos por afogamento. O último ocorreu no fim da manhã desta sexta-feira, 28, em Guaratuba. Uma criança de dois anos caiu numa piscina e chegou a ser socorrida, mas acabou falecendo logo depois. Os outros quatro óbitos foram em Matinhos, Guaraqueçaba e Pontal do Paraná.

A Operação Verão Paraná 2018/2019 foi iniciada no dia 21/12/2018 e segue até 10/03/2019 com diversos serviços e atividades voltadas ao veranista e ao morador do litoral.

Deixe um comentário