Balanço do Verão Consciente registra redução de ocorrências e afogamentos

por Redação JB Litoral
09/01/2021 18:29 (Última atualização: 2 semanas atrás)

Fonte: AEN

O balanço dos primeiros 20 dias da operação Verão Consciente no Litoral apontou queda nas ocorrências policiais e no número de afogamentos. Os dados foram apresentados pelo secretário da Segurança Pública e coordenador da operação, Romulo Marinho Soares, ao vice-governador do estado, Darci Piana, em Matinhos (PR), na sexta-feira (8). 

No comparativo com a temporada anterior, a redução foi de 15,6% em casos de perturbação do sossego e de 40,1% em furtos. Na areia, os 91 Postos de Guarda-Vidas do Corpo de Bombeiros registraram queda de 27% dos casos de afogamentos. 

O vice-governador Darci Piana destacou que todo o planejamento e aplicação de profissionais e agentes está sendo o diferencial para o bom andamento desses primeiros 20 dias do Verão Consciente. “Os resultados foram excelentes, todos os índices caíram. Este foi um dos melhores planos de verão que tivemos nos últimos anos no Paraná”, disse. 

Mudanças 

Os serviços e atividades voltadas aos veranistas foram readequados para a temporada de verão por conta das medidas de distanciamento social. Policiais, agentes de saúde, profissionais de educação física e outros servidores atuaram juntos para orientar a população a respeitar as medidas sanitárias estabelecidas no Estado. 

Resultados  

As unidades especializadas da PM também tiveram resultados expressivos. O Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) fez 15 atendimentos a vítimas de acidentes e afogamentos e prestou 21 apoios ao Corpo de Bombeiros e em resgates aeromédicos. 

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

O comandante do 1º Comando Regional de Bombeiros (1º CRBM), coronel Marcelo Jankhe, também celebrou a queda no número de afogamentos. “Tivemos uma avaliação muito positiva justamente pelo bom trabalho que os nossos guarda-vidas têm feito pela praia. Os resultados estão aí, com números cerca de 30% menores dos que tivemos nos primeiros 20 dias do verão passado”, afirmou. 

Outro crime que a Polícia Civil combateu com intensidade foram os casos de estelionato. A análise do coordenador do Verão Consciente pela instituição, Gil Tesseroli, foi de que a maioria dos casos foram aplicados pela Internet e muitas pessoas acabaram descobrindo a farsa somente quando chegaram ao Litoral. “Os casos aumentaram porque as pessoas denunciaram mais”, disse. 

As carceragens e movimentações de presos no Litoral foram organizadas pelo Departamento Penitenciário (Depen) de forma a não acumular presos nas delegacias. O esforço do Depen resultou em 115 custodiados transferidos e 152 inspeções de tornozeleiras eletrônicas. 

Saúde 

Houve reforço de equipes assistenciais nas unidades de saúde de todo o Litoral. Segundo o diretor da 1ª Regional de Saúde, José Carlos de Abreu, com mais profissionais os atendimentos foram mais rápidos para a população. “Contratamos mais de 77 mil plantões, de técnicos de enfermagem, enfermeiros e profissionais médicos, então esse reforço para a rede assistencial dos municípios foi muito positivo”, ressaltou.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments