Bebês abandonados são resgatados por policiais e bombeiros

por Redação JB Litoral
01/07/2016 22:31 (Última atualização: 01/07/2016)

NULL

Policiais e bombeiros militares salvaram dois bebês abandonados na manhã desta sexta-feira (1), um em Curitiba e outro em São José dos Pinhais. Os soldados Claudimar Gosmatti e Jackson Luiz Kirshner resgataram um bebê com poucas horas de vida no bairro Xaxim, na região Sul de Curitiba. Em São José dos Pinhais, uma guarnição do Corpo de Bombeiros encontrou outro bebê abandonado em uma calçada do bairro Jardim Cruzeiro. 

Integrantes do 20º Batalhão de Policia Militar (20º BPM), do 1º Comando Regional da PM (1º CRPM), os policiais Gosmatti e Kirshner se preparavam para iniciar o serviço na sede da unidade, no bairro Boqueirão, quando foram acionados para a primeira ocorrência do turno: uma ligação anônima apontava que um bebê tinha sido abandonado na Rua Max Scherzer, em um saco plástico. 

Na busca, o soldado Gosmatti ouviu gemidos vindos de uma sacola deixada na grama, próximo ao portão de uma empresa. “Vi a sacola com panos e quando abri encontrei o bebê ainda com o cordão umbilical”, contou. 

Kirshner chamou a ambulância do Siate para dar atendimento ao bebê. Os socorristas fizeram os primeiros atendimentos dentro da ambulância. “Ele estava bem e não tinha escoriações, mas se a PM não tivesse sido avisada, talvez a criança não resistisse , devido ao frio que fazia naquele momento”, complementou Gosmatti. 

O menino foi encaminhado até um hospital para passar por uma avaliação médica. A ocorrência chamou a atenção pela condição em que ele foi encontrado. “Quando nos deparamos com uma ocorrência como essa é uma injeção de ânimo, percebemos que todo o esforço que fazemos vale a pena, é gratificante”, disse o soldado Nascimento, que atendeu a criança na ambulância do Siate. 

SÃO JOSÉ DOS PINHAIS – Simultaneamente, uma guarnição do 6º Grupamento de Bombeiros (6º GB), em São José dos Pinhais, deslocou-se até a Rua Rubens Huergo, no bairro Jardim Cruzeiro, onde um bebê foi abandonado em frente a um estabelecimento comercial. 

“Quando chegamos, a criança já estava no colo de uma mulher, envolta em cobertas. Fizemos uma avaliação preliminar e constatamos que ela respirava normalmente, estava sem escoriações e a cicatriz do umbigo estava seca, indicando que não se tratava de um recém-nascido, ele já tinha alguns dias de vida”, explicou o soldado Gesiel Antônio Duarte, que atendeu a ocorrência. 

O grupo levou o menino até o Hospital e Maternidade de São José dos Pinhais, para passar por outros procedimentos médicos. 

Os casos dos dois bebês serão atendidos pelos Conselhos Tutelares das respectivas cidades e foram repassados à Polícia Civil, que fará a investigação para identificar os responsáveis legais pelas crianças. 

 

Fonte: AEN

Deixe um comentário