CAB dá dicas para economizar água durante o verão

Com o calor, consumo de água tratada aumenta, e o desperdício também.

por Redação JB Litoral
10/01/2014 00:00 (Última atualização: 10/01/2014)

NULL

Com a chegada do verão, as temperaturas aumentam e o consumo de água se faz ainda mais importante. Contudo, é preciso ficar atento para que o uso dos recursos hídricos não se transforme em desperdício.

De acordo com dados do Atlas de Saneamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o consumo per capita de água no Brasil é de 320 litros por dia.  No verão, o número pode saltar para 450 litros – volume três vezes superior aos 150 litros indicados pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Embora o Brasil seja rico em recursos hídricos (15% do total de água potável do mundo estão em terras brasileiras), há regiões, como o sertão nordestino, que sofrem com a escassez, que é agravada pelo desperdício de outras regiões. Além disso, o tratamento de água é caro e trabalhoso.

Consumo consciente

Em época de temperaturas elevadas, a água tratada é usada para se refrescar. A orientação da CAB Águas de Paranaguá é que os consumidores não abusem do recurso. A das piscinas, por exemplo, não precisa ser renovada com frequência. De acordo com a engenharia química da CAB, para limpeza e eliminação dos odores das infláveis, o ideal é o uso do cloro, que pode ser encontrado em casas especializadas em piscinas. Outra alternativa mais prática e que pode ajudar é o acréscimo de uma colher de água sanitária a cada mil litros de água. O procedimento não purifica a água, mas evita a proliferação de bactérias.  

Banhos de mangueira ou demorados também são vilões do meio ambiente. Um banho de 15 minutos, por exemplo, consome cerca de 80 litros de água. A recomendação é que o tempo seja reduzido para três minutos, o que representa uma economia de 60 litros.

Acompanhe algumas dicas úteis para contribuir com a preservação desse importante recurso da natureza:

  • Junte bastante roupa suja antes de ligar a máquina ou usar o tanque. Não lave uma peça por vez. Caso use lavadora de roupa, procure utilizá-la cheia e ligá-la no máximo três vezes por semana;
  • Se as roupas são lavadas no tanque, deixe as roupas de molho e use a mesma água para esfregar e ensaboar. Use água nova apenas no enxague. E você ainda pode aproveitar essa última água para lavar o quintal, a garagem, a calçada ou a própria área de serviço;
  • No tanque, com a torneira aberta por 15 minutos, o gasto pode chegar a 280 litros. Já a lavadora de roupa com capacidade para cinco quilos consome 135 litros;
  • Antes de lavar a louça, tire o excesso de sujeira de pratos e panelas com uma toalha de papel ou deixe as panelas mais sujas de molho por um tempo com água e sabão;
  • Feche a torneira enquanto ensaboa a louça e enxague tudo de uma vez, assim, você economiza até 20 litros de água;
  • Deixe frutas e verduras em água com um pouco de vinagre por alguns minutos antes de lavar – a economia chega a dez litros;
  • Utilize sabão ou detergente biodegradável, que, por se decompor mais facilmente, não polui os rios;
  • Feche bem a torneira. Torneiras que pingam podem desperdiçar entre 30 e 200 litros de água por dia.

Deixe um comentário