Calçada vira depósito de sucata no Porto dos Padres e leva perigo ao trânsito

por Redação JB Litoral
20/08/2013 00:00 (Última atualização: 20/08/2013)

NULL

Há meses que a calçada que fica ao lado do muro da Associação dos Operadores Portuários de Paranaguá (AOPP), localizada na Rua Barão do Amazonas, se transformou num depósito de sucata de veículos, levando perigo ao tráfego na região, em Paranaguá.

No local um Gol antigo, uma carcaça de caminhonete e o que sobrou de uma cabine de caminhão ocupam o espaço destinado ao trânsito de pedestres. A calçada também serve de estacionamento para caminhões, um deles caçamba e outro sem carroceria.

Moradores dizem que as sucatas de veículos pertencem a um morador do bairro, que possui outros em sua residência.

Situação que fere a legislação municipal e o Código Brasileiro de Trânsito (CBT) é ignorada pelas autoridades competentes que não tomam providência no sentido de por fim as irregularidades.

O problema se tornou mais perigoso na medida em que uma empresa terceirizada pela concessionária CAB Águas de Paranaguá, começou desenvolver uma obra a poucos metros do depósito de ferro velho. Nesta semana a reportagem do JB irá procurar o secretário de Segurança, Cícero Fernandes, para saber se existem autuação do proprietário dos veículos sucateados e a ordem de retirá-los do local.    

Deixe um comentário