Carteiras de trabalho voltam a ser emitidas por sistema antigo no PR

Medida será tomada até que novo sistema funcione, segundo o MTE.Problemas na rede impediram emissão do documento desde segunda (5)

por Redação JB Litoral
08/01/2015 18:00 (Última atualização: 08/01/2015)

NULL

A emissão de carteiras de trabalho voltou a ser realizada nesta quinta-feira (8) no Paraná, após três dias com problemas no novo sistema implantado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). De acordo com o superintendente do MTE no Paraná, Neivo Beiraldin, o antigo sistema de emissão será utilizado até que a implantação da nova rede seja normalizada. A estimativa era de que na segunda-feira (5) o novo sistema para emissão de carteira de trabalho estivesse em plena operação, porém, algumas falhas suspenderam o plano.

“Voltamos para o sistema antigo no estado todo, e assim que ficar pronto o sistema digital, certamente, o ministro tornará publico”, explica o superintendente do MTE no Paraná, Neivo Beiraldin.

A nova versão permitirá que os procedimentos para emissão do documento sejam digitalizados, como a fotografia e a coleta das digitais. Este novo sistema, de acordo com o superintendente, é mais ágil e seguro.

Na quarta-feira (7), o problema no sistema de emissão da carteira de trabalho deixou fora do ar a rede utilizada para dar entrada no recurso para liberação do seguro-desemprego. O problema atinge apenas pessoas que, ao darem entrada no pedido do seguro, tiveram alguma divergência apontada pelo sistema. Nesta quinta-feira (8), a rede apresentava instabilidade.
Apesar disso, a entrada do seguro-desemprego continua sendo feita normalmente pelo Sistema Nacional do Emprego (Sine). “São casos de pessoas que não conseguiram a liberação imediata do seguro. Isso ocorre quando o sistema notifica alguma divergência de informação, ou alguma situação especial, que requer a apresentação de algum documento ou sentença judicial, algo nesse sentido”, afirma a chefe de setor de atendimento da Delegacia do Ministério do Trabalho e Emprego em Londrina, Joelma Carloto.

Deixe um comentário