Cattalini doou mais de meio milhão aos candidatos na eleição de outubro

A Cattalini que, doou R$ 450 mil para os candidatos ao governo e cerca de R$ 70 mil aos candidatos locais da eleição proporcional, totalizando R$ 520 mil

por Redação JB Litoral
03/12/2014 09:00 (Última atualização: 03/12/2014)

Na última semana, o JB fez um levantamento dos repasses financeiros, feitos em forma de doação,por empresas de Paranaguá aos principais candidatos a governador do Paraná e aos principais candidatos a deputado federal e estadual de Paranaguá.

As informações são divulgadas no próprio site da Justiça Eleitoral e demonstram uma participação ativa do setor privado no contexto eleitoral. Em alguns casos, mesmo inelegível, houve candidato que recebeu quantia considerável de recursos para sua campanha.

O levantamento focou apenas as empresas locais, não levando em consideração pessoas físicas e repasses de fonte partidária.

O candidato reeleito, Beto Richa (PSDB), recebeu diversas contribuições de empresas para sua campanha, entre elas, a Cattalini Terminais Marítimos, que repassou um total de R$ 200 mil ao candidato. O senador Roberto Requião (PMDB), também recebeu recursos da Cattalini, num total de R$150 mil e também R$ 500 mil da OAS Construtora, repasse encaminhado pelo gabinete do vice-presidente, Michel Temer (PMDB). A Cattalini repassou ainda para a candidata Gleisi Hoffmann (PT), R$ 100 mil, valor inferior ao doado para Richa e Requião. Ao todo, a empresa investiu R$ 450 mil somente na eleição majoritária ao Governo do Estado.

Doação aos candidatos a deputado federal e estadual

No que diz respeito às doações aos principais candidatos a Assembleia Legislativa e Câmara Federal do litoral, o JB constatou que a Cattalini também investiu em campanha proporcional. Na busca de uma cadeira na Câmara Federal, o vereador Eduardo Francisco Costa de Oliveira, o Edu (PSDB), recebeu doações de R$25 mil da Cattalini, sendo que no total de doações consta um valor de mais de R$70 mil. Marcelo Roque (PV), recebeu R$5 mil da Cattalini,de um total geral de doações de mais de R$99 mil.O ex-prefeito, que teve seus votos impugnados, José Baka Filho (PDT), recebeu doações no valor total de cerca de R$318 mil, sendo o que mais gastou na busca de uma vaga na Câmara Federal. Entre os doadores constam o supermercados Condor (R$15 mil), Cotrans Locação de Veículos (R$26.588), entre outros doadores, pessoa física e o próprio partido.

Na corrida pela vaga na Assembleia Legislativa,André Pioli (PT) recebeu em doações mais de R$144 mil, entre elas, da Cattalini(R$5 mil). O vereador Marcus Antonio Elias Roque (PMDB), também recebeu doações da Cattalini no valor de R$5 mil e um total de R$117 mil. O vereador Márcio Costa (PRP), recebeu em doações um valor total de mais de R$58 mil, entre elas R$10 mil da Cattalini. O vereador Waldir Leite (PSC), recebeu, entre as doações de empresas, R$20 mil da Cattalini, R$2 mil da Delta Fertilizantes, R$20 mil da Heringer Fertilizantes e R$5 mil da KSW Construtora, no total de doações o valor chegou a mais de R$129 mil.

A Cattalini que, doou R$ 450 mil para os candidatos ao governo e cerca de R$ 70 mil aos candidatos locais da eleição proporcional, totalizando R$ 520 mil, não fez contribuições para o candidato a deputado federal José Baka Filho. Além do terminal privado, entre as outras empresas do litoral que doaram consta o Condor, Heringer, Delta Fertilizantes, Cotrans Locação de Veículos, empresa que presta serviço para prefeitura de Paranaguá desde a gestão anterior e a KSW Construtora.

 

Deixe um comentário