Chapas 2 e 3 vão para o segundo turno no Sindicato dos Arrumadores de Paranaguá

por Redação JB Litoral
21/02/2016 20:48 (Última atualização: 21/02/2016)

NULL

Faltando menos de um mês para completar um ano de adiamento neste domingo (21) foi realizada a eleição no Sindicato dos Arrumadores e Trabalhadores Portuários Avulsos nos Serviços de Capatazia nos Portos de Paranaguá e Pontal do Paraná (Sindacapp) que definirá o comando da categoria até 2.019.

Apesar do pedido de suspensão ter sido impetrado na justiça pelos candidatos João Claudio Marques e José Amilton da Silva, apenas o primeiro se manteve na disputa. Na época, eles alegaram que a diretoria descumpriu o Estatuto Social no que se refere as eleições sindicais, como a convocação de assembleia para analisar as impugnações feita no 1° turno e todo o seu processo sequencial.

O mesmo juiz do trabalho substituto, Thiago Mira de Assumpção Rosado, que acatou o pedido de liminar, determinando a suspensão das eleições no sindicato até que fossem decididas as questões alegadas, desta vez, tomou uma decisão inédita ao acatar o pedido de não permitir a votação de associados vinculados e aposentados, que não estivessem em dia com suas obrigações sindicais.

Para o atual presidente da Junta Governativa, Fabiano Oliveira, a decisão gerou um fato histórico no sindicalismo dos Arrumadores, pois abriu precedente para que as próximas eleições o mesmo sistema seja adotado.

Comandada pelos integrantes da Intersindical de Paranaguá, presidida pelo presidente do Sindicato dos Estivadores de Paranaguá e Pontal do Paraná, João Lozano, a mesa contou com a presença de Gerson Antunes do Rosário, o Gerson Bagé (Sintraport), Carlos Tortato (Conferentes) e Marcos Ventura (Vigias Portuários). Atuaram nos trabalhos ainda o diretor da secretária municipal de Assuntos Portuários, Marcos Velha (Consertadores) e o presidente da Associação Municipal dos Taxistas de Paranaguá, Maickon França.

De acordo com Fabiano Jamanta, o processo eleitoral que envolveu três das seis chapas de 2015, foi tranquilo e sem nenhum tumulto.

Números das urnas

A eleição que ocorreu na sede dos Arrumadores localizada no ponto de chamada da categoria das 8 ás 17 horas, contou com a participação nas urnas de 405 votantes dos 491 aptos para participar do pleito.

Ao final da apuração dos votos trouxe, os números mostraram 104 votos para Chapa 1, presidida por Maurício Magno Ricardo, 156 votos para Chapa 2, encabeçada por Oziel Felisbino e 142 votos para Chapa 3 de João Claudio Marques. Apenas três associados anularam seus votos. 

Com isso se habilitaram para o segundo turno da eleição as chapas 2 e 3, que voltam disputar os votos da categoria no próximo domingo (28) no mesmo horário e local. Veja as fotos da eleição.

 

Deixe um comentário