Chuvas intensas fizeram vítimas em toda a Paranaguá

Cerca de 20 pessoas ficaram desalojadas ou abrigadas e foram atendidas em abrigos municipais. Apenas duas permanecem nesta quinta-feira.

por Redação JB Litoral
12/01/2017 15:04 (Última atualização: 12/01/2017)

NULL

Foto:Reprodução/Facebook

As equipes da Defesa Civil de Paranaguá passaram a madrugada inteira ajudando moradores atingidos pelas fortes chuvas, que começaram no início da noite de ontem. Foram registradas 50 ocorrências, entre 19h e 6h da madrugada. O maior número de ocorrências começou a ser registrada a partir das 2h da madrugada, conforme a Defesa Civil. E só não foi maior porque os moradores ao avistarem as viaturas das equipes nos bairros faziam o pedido de atendimento diretamente, sem registro por telefone. 

De acordo com o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), entre 19h de ontem e 6h desta quinta-feira, choveu um total de 206 milímetros. Do início de janeiro até agora já foram registrados 368 milímetros de chuva e a média histórica para o mês é de 350.

 

Bairros de todas as regiões foram atingidos, registrando água com mais um metro de altura. Entre os bairros mais atingidos estão a Vila Garcia, Vila Guarani, Parque São João, Jardim Iguaçu, Vila São Jorge e Vila Horizonte. 

 

 

Chuvas intensas fizeram vítimas em toda a Paranaguá 2Ruas ficaram totalmente alagadas em vários pontos da cidade – Foto: Reprodução/Facebook

Chuvas intensas fizeram vítimas em toda a Paranaguá 3
Colônias também foram atingidas – Foto: Cliciane Ramos/Facebook

A Defesa Civil atendeu 20 pessoas que precisaram sair de casa, por motivo de segurança, já que a água atingiu altura preocupante. Entre elas algumas eram acamadas ou portadoras de deficiências físicas. Deste total, 14 foram encaminhadas por ônibus cedidos pela Prefeitura de Paranaguá para casa de familiares. Outras 6 pessoas ficaram desalojadas dos bairros Jardim Ouro Fino, Parque Agari , Parque são e Vila São Jorge. Elas foram encaminhadas para um abrigo oferecido pela Prefeitura de Paranaguá, por determinação do prefeito Marcelo Roque, no Complexo Educacional Parque Awaji, no Parque São João. 

Outro abrigo oferecido foi a Escola Municipal Nascimento Júnior, no Jardim Guaraituba. Também estava disponível, em caso de necessidade, o Ginásio de Esportes Albertina Salmon, na Ponta do Caju. Na manhã desta quinta-feira duas pessoas ainda permanecem abrigadas no Complexo Educacional Parque Awaji. 

Os trabalhos da Defesa Civil tiveram apoio do Corpo de Bombeiros, que atuaram na região das colônias, para fazerem resgates com barcos. A Polícia Militar também deu o apoio necessário. Por determinação do prefeito, todos os secretários municipais e cargos comissionados foram convocados no meio da madrugada para comparecer à sede da Defesa Civil, no Aeroparque, para que providenciassem medidas em suas pastas para tentar minimizar os danos causados pelas enchentes. 

 

Com informações da Prefeitura Municipal de Paranaguá

Deixe um comentário