Cobrada pelo JB desde 2010, prefeitura inaugura nova sede da Defesa Civil

por Redação JB Litoral
04/08/2016 12:41 (Última atualização: 04/08/2016)

NULL

Prefeito Kersten e guardas municipais na sede da defesa Civil. Foto: Samuel Calado

Construída na segunda gestão de Mário Roque, em 2001, no Aeroparque e reinaugurada no final de 2012, pelo Ex-prefeito José Baka Filho (PDT), o Terminal de Passageiros do Aeroporto, sem jamais ter sido usado, na quarta-feira (27) se transformou na base da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMDEC) e da Divisão de Guarda Marítima e Ambiental de Paranaguá.

Passados 15 anos da entrega do espaço, desde 2010, o JB cobrou o estado de abandono e desperdício de recursos públicos, em razão da ação de vândalos, ladrões, moradores de rua, prostitutas e viciados, que dilapidaram o patrimônio causando danos na estrutura, por duas ocasiões após sua entrega.

Em fevereiro deste ano, o JB alertou que o local havia se tornado num possível foco de mosquitos da dengue e, após a reportagem, o local foi limpo e os criadouros eliminados.

Naquela ocasião, após a limpeza, o então Secretário Municipal de Obras Públicas, Juliano Elias, informou que o imóvel seria reformado e abrigaria a sede da Guarda Civil Municipal de Vigilância do Aeroparque e sede administrativa da Secretaria Municipal de Pesca, Agricultura e Abastecimento.

 Porém, integrando a programação dos 368 anos da cidade, o Prefeito Edison de Oliveira Kersten (PMDB) inaugurou a obra na presença do Coordenador Municipal de Defesa Civil, José Carlos de Oliveira, Coronel Castilho, Secretário Chefe da Casa Militar e Coordenador Estadual de Proteção e Defesa Civil, Coronel Edmilson de Barros, Coordenador Estadual Executivo de Proteção e Defesa Civil, Coronel Paulo Henrique de Souza, Comandante do 8ª Grupamento de Bombeiros e Coordenador Regional de Proteção e Defesa Civil.

De acordo com a prefeitura a obra que iniciou em junho, contou com recursos dos cofres da prefeitura e a contratação de caçambas de coleta de resíduo, aquisição de placa interna em acrílico e colocação de faixada frontal em banner adquirida com a empresa Visualize Comunicação Visual.

Utilização do espaço

Segundo o Prefeito Kersten, as novas instalações servirão para reforçar os investimentos para o socorro de famílias vítimas de sinistro, além de ampliar os planos preventivos desenvolvidos para as áreas de risco já monitoradas pelo setor de Defesa Civil. A equipe marítima e ambiental ficará com o local como sede administrativa, de onde serão gerenciadas e direcionadas ações pertinentes ao cuidado da fauna e flora. Também serão atendidas denúncias como o mau trato a animais, queima em área irregular, invasões em áreas de preservação e outras ações, por aproximadamente 30 profissionais, distribuídos em escala contínua de trabalho na cidade e na Ilha do Mel. A Defesa Civil, por sua vez, que trabalha atualmente com um grupo de seis pessoas, terá no local sua sede administrativa e desenvolverá planos preventivos e estudos técnicos voltados à construção de estratégia de socorro a famílias vítimas de sinistro, além do desenvolvimento de sistemas de alerta e alarme por meio de um observatório municipal que será implantado numa segunda etapa. Serão instalados painéis para observação e controle da intensidade de vento, volume de chuva, qualidade do ar e outros fatores importantes para a Defesa Civil. Ambos os setores podem ser acionados pelo 153.

 

Deixe um comentário