Corpo encontrado em rio é de homem desaparecido, diz irmã da vítima

por Redação JB Litoral
22/10/2020 10:22 (Última atualização: 22/10/2020)

No início da tarde de quarta-feira, 21, o corpo de um homem, vítima de agressão, foi encontrado boiando no rio Emboguaçu, em Paranaguá. A vítima foi identificada por uma irmã, como sendo Fabio da Silva de Souza, morador no Jardim Iguaçu, e que estava desaparecido desde o dia anterior.

O achado foi feito por um morador na Vila do Povo, o qual avistou o corpo boiando, em uma região de mangue, próximo de sua casa, após a Polícia Militar ter sido acionada para averiguar o sumiço da vítima.

De acordo com a ocorrência, por volta das 12h10, policiais militares foram informados por uma irmã de Fábio, que ele estava sumido desde a terça-feira e que, ao procurá-lo em sua casa, encontrou a moradia toda revirada e com marcas de sangue, que deixaram um rastro até a beira do rio.

A mulher contou que momentos antes de chegar na residência de Fabio, havia sido abordada por um indivíduo, o qual disse que seu irmão teria sido esfaqueado e o corpo jogado na maré, mas ela não soube informar quem seria essa pessoa.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

De imediato os policiais deram início ao patrulhamento pela região e, instantes depois, receberam informações de que havia o corpo de um homem no rio, entre os bairros Vila Primavera e Vila do Povo.

Com o apoio do proprietário de uma embarcação, os policiais chegaram até o cadáver, que foi levado para terra e reconhecido pela solicitante como sendo o seu irmão. As primeiras análises não encontraram ferimento por arma branca no corpo, mas constataram que a vítima tinha várias lesões, resultantes de espancamento.

Uma equipe da Polícia Civil também foi ao local para dar início às investigações e, em seguida, o corpo recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML), para exames complementares e coleta das impressões digitais para a identificação oficial, já que não foram encontrados documentos da vítima.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments