“Defendemos uma saúde humanizada que começa nos primeiros atendimentos”, diz Fabiano Elias

por Maisy Pires
06/11/2020 15:49 (Última atualização: 06/11/2020)

Fabiano Elias é candidato pelo partido CIDADANIA (Foto: Rafael Pinheiro/JB Litoral)

O candidato Fabiano Elias (CIDADANIA) encerra, nesta sexta-feira (6), a série de entrevistas com os candidatos a prefeito de Paranaguá. A equipe de jornalismo do JB Litoral elaborou as perguntas de acordo com o plano de governo de cada um. (Confira todas as entrevistas no final da matéria).

Tema: saúde

  1. Uma das propostas do seu plano de governo é “instituir a gestão plena da  saúde, que vai atuar desde o atendimento domiciliar até a internação hospitalar”. Se eleito, como funcionará esse atendimento domiciliar e o acompanhamento dos pacientes até o momento da internação?

Vamos integrar todos os sistemas e possibilitar o gerenciamento pleno da estrutura da saúde, pois defendemos uma saúde humanizada que começa nos primeiros atendimentos realizados pelo Programa Saúde da Família que será reestruturado e ampliado, onde as Agentes Comunitárias de Saúde identificarão precocemente a necessidade de cada paciente e poderão inserir esse atendimento diretamente no sistema, remetendo o atendimento já agendado através das Unidades de Saúde da Família para os exames laboratoriais e de imagem. Vamos instituir duas unidades pré hospitalares na cidade e consolidar o João Paulo II como nosso Hospital Municipal e nessas unidades teremos a necessária descentralização dos serviços de Raio-X, Mamografia, atendimentos de Oncologia, atendimento de especialidades, pré internamento hospital para pequenas cirurgias e o atendimento hospitalar dentro do sistema municipal, alcançando a gestão plena da saúde.

Tema: educação

  1. Em relação a educação, você tem como proposta “garantir acesso ao ensino fundamental para jovens e adultos”. Levando em consideração que atualmente há na rede municipal o Ensino de Jovens e Adultos (EJA), qual será o diferencial do seu projeto?

A cidade está cheia de analfabetos funcionais acima dos 25 anos. Pessoas que desenham o nome, mas não sabem ler, escrever ou tem imensa dificuldade em interpretar situações cotidianas. O EJA não alcança todas essas pessoas por falta de um compromisso público de erradicar o analfabetismo e disseminar nas áreas mais vulneráveis a opção da educação para todos. As escolas municipais abrirão espaço para esse ensino e através dessa oferta poderemos chegar o mais próximo possível da erradicação do analfabetismo funcional.

Tema: segurança

  1. “Implantar sistemas de leitura facial e de placas de veículos, gerando análise em bancos de dados e facilitando a ação da Guarda Municipal em ações preventivas e de combate ao crime” é um dos seus projetos para a área de segurança pública. Para que os sistemas sejam eficientes será necessária uma reestruturação no quadro profissional e na área operacional. Se eleito, essa proposta será prioridade na sua gestão? Por quê?

A agilidade na identificação das pessoas, a criação de um banco de dados municipal integrado ao banco de dados estadual, nacional e internacional, ajudará a localizar indivíduos integrantes de quadrilhas internacionais de tráfico de drogas e desvios de cargas exportadas por Paranaguá. O sistema de leitura de placas veiculares com consulta direta ao banco de dados de veículos suspeitos e que foram objeto de roubo/furto darão a agilidade necessária ao sistema de segurança integrada para evitar ou resolver os crimes no menor espaço de tempo possível através de um conjunto de câmeras, softwares e demais equipamentos com todas as funcionalidades embarcadas para um sistema integrado de monitoramento e reconhecimento facial e placas dos veículos, disponibilizando tecnologias de ponta para uso da Guarda Municipal que terá um maior controle e monitoramento da nossa cidade, auxiliando no combate a criminalidade.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Tema: geração de emprego e renda

  1. Para a geração de emprego e renda, você tem como proposta implantar o PRODEPAR – Programa de Desenvolvimento de Paranaguá, se eleito, como funcionará esse programa?

O PRODEPAR é o Programa que foi abandonado e que pode subsidiar o crescimento econômico da cidade através do fomento e incentivos fiscais para o surgimento de novos negócios, aprimoramento dos já existentes e ampliação da nossa gama de variedades econômicas, gerando riqueza e ampliando a renda do trabalhador com a maior oferta de empregos. A análise orçamentária e as novas diretrizes que vamos implantar a partir do orçamento participativo que vamos abrir à população em 2021 e que entrará em vigor em 2022, aumentará a nossa capacidade de oferta de recursos próprios para o financiamento de empreendimentos da economia sustentável e comunitária, aumentando valor e agregando serviços ao pequeno negócio individual ou familiar, desde o setor primário, passando pela prestação de serviços e até o grupo de beneficiamento de matéria prima.

Tema: equipe de trabalho

  1. A equipe de secretários é o braço direito do prefeito durante o governo, qual critério usará para montar a sua?

Meritocracia, conhecimento da área de atuação e comprometimento com os nossos princípios éticos e de gestão pública. Não temos nenhum compromisso eleitoral ou de coligação partidária que possa impedir ou atrapalhar a aplicação dessas orientações. Isso nos causou reflexos em menor tempo de propaganda eleitoral, menor número de candidatos a vereador, menos recursos eleitorais, mas vai possibilitar uma gestão sem amarras ou compromissos políticos, com diminuição de secretarias, redução do número de cargos comissionados e enfrentamento independente referente à qualquer situação da Prefeitura, como o fornecimento de água, cobrança das taxas de esgoto, serviços de limpeza pública, coleta e destinação do lixo, transporte público, inclusive possibilita que nós possamos enviar à Câmara e mostrar à sociedade um ousado projeto de integração do transporte público nos modais rodoviário e ferroviário, sem a cobrança de tarifa, com a implementação do que chamamos de financiamento extratarifário do Transporte Público.

Ordem das publicações:

*Devido ao feriado de Finados (2), houve alteração na ordem das publicações.

  • DIA 26 – JULINHO LIMA (Patriota)
  • DIA 27 – MARCELO ROQUE (Podemos)
  • DIA 28 – MANOEL BARBOSA (PCdoB)
  • DIA 29 – MARCO SUKITA (PV)
  • DIA 30 – ADRIANO RAMOS (Republicanos)
  • DIA 3 DE NOVEMBRO – JOSÉ BAKA FILHO (PDT)
  • DIA 4 DE NOVEMBRO – PICHACO (DEM)
  • DIA 5 DE NOVEMBRO – ALCEU MARON FILHO (PROS)
  • DIA 6 DE NOVEMBRO – FABIANO ELIAS (Cidadania)

Matérias relacionadas

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments