Denúncia de sequestro de caminhoneiro leva PM a descobrir esquema para desvio de carga em Alexandra

por Redação JB Litoral
08/07/2020 11:33 (Última atualização: 08/07/2020)

Na tarde de terça-feira, 7, policiais militares do 9º Batalhão fizeram a apreensão de quatro armas de fogo, além de munições de vários calibres, durante a averiguação do suposto sequestro de um motorista de caminhão na cidade de Paranaguá. As armas foram encontradas em um barracão localizado no bairro Alexandra, onde foi verificado que, na verdade, tratava-se de um esquema para desvio da carga do veículo. O motorista e mais dois homens foram presos no local.

De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, tudo começou quando a Central de Operações do 9º BPM recebeu, pelo telefone 190, uma denúncia anônima sobre o possível sequestro do motorista de uma carreta que havia acabado de entrar no barracão localizado na Rua Antonio Miotto.

A PM já tinha conhecimento que o imóvel era suspeito de ser usado para receptação de cargas e, de imediato, as equipes policiais foram ao endereço informado. Durante a abordagem, os militares localizaram o caminhão dentro do barracão, verificando que a carga de cloreto estava sendo descarregada no local.

O motorista, identificado como Everton Gonçalves da Silva, de 42 anos, morador no estado de São Paulo, foi abordado no barracão e, segundo a PM, confessou aos policiais que estava participando do esquema para o desvio da carga.

Nas diligências no local, os militares encontraram uma pistola calibre 9mm, de fabricação argentina, com dois carregadores e um total de 33 munições, além de um revólver calibre 38 e 29 munições, uma espingarda calibre 36 e uma espingarda calibre 22, sendo verificado que as armas estavam com numeração suprimida Ainda foram apreendidos quatro projéteis calibre 44, seis calibre 12 e quatro calibre 36. Na revista ao motorista, os policiais ainda localizaram seis pedras de crack, o qual, ao ser questionado, alegou ser usuários de entorpecentes.

O proprietário do barracão, Wilson Pereira Carvalho, de 43 anos, e Fabiano Schaeffer de Araújo, de 38, abordados no local, também foram presos. Os envolvidos acabaram encaminhados para a Delegacia Cidadã, sendo o motorista autuado pelo crime de furto qualificado e posse de drogas, enquanto Fabiano iré responder por receptação qualificada e Wilson por recepção qualificada e posse ilegal de armas e munições.