Litoral aumentará temperatura em média de três graus e diminuirá chuvas em até 12%

0
38

Neste ano, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) desenvolveu o software SisVuClima, em parceria com o Ministério da Saúde e do Meio Ambiente, o qual permite analisar as condições climáticas atuais e futuras em todo o Brasil. Apesar de uma conquista para todo o território nacional, incluindo o Litoral do Paraná, a nova ferramenta tecnológica cria um alerta para a região, visto que está previsto entre 2041 a 2070, um aumento alarmante de temperatura em todos os municípios litorâneos em até três graus, bem como redução exponencial das chuvas em 12%. Ou seja, o aquecimento global de fato existe no Litoral e causará mudanças climáticas nas próximas décadas.

Segundo o sistema meteorológico da Fiocruz, as próximas décadas reservam aos paranaenses litorâneos tempos com menos chuvas, mais calor e dias secos. O Sistema de Vulnerabilidade Climática (SisVuClima) foi, inclusive, apresentado oficialmente para gestores e técnicos estaduais nas últimas semanas, intensificando a necessidade de que o Poder Público se prepare para as mudanças climáticas, bem como atue para ações ambientais que possam reduzir estes efeitos negativos.

Apesar do índice alarmante no Litoral, ele ainda é “menos pior” do que em outras regiões do Paraná. Fazendo uma análise mais pessimista dos dados da Fiocruz, no noroeste e no norte do estado poderá haver elevação de até 5,6ºC em alguns municípios. Segundo o sistema, o Litoral será a região menos afetada com o aumento das temperaturas no Paraná. Porém, mesmo assim, efeitos serão sentidos, principalmente em dias secos consecutivos.

Morretes e Antonina serão as cidades com um maior aumento de temperatura (3,1º), enquanto Paranaguá, a “capital” do Litoral, terá aumento previsto em 2,3ºC, número menor, porém preocupante.  A queda de chuvas será generalizada em quase todos os municípios da região, com exceção de Morretes, que contará com um aumento de 1,3%. Apesar disto, o aumento de dias secos ocorrerá em todas as cidades, onde ganha destaque Pontal do Paraná, com 43% de acréscimo de dias em condições climáticas secas.


Confira os índices da FioCruz

 

Mais calor

Morretes: + 3,1ºC

Antonina: + 3,1ºC

Guaratuba: + 2,6ºC

Guaraqueçaba: + 2,6ºC

Paranaguá: + 2,3ºC

Matinhos: + 2,2ºC

Pontal do Paraná: + 2,1ºC

 

Menos chuvas

Pontal do Paraná: – 12,4%

Matinhos: – 10,8%

Guaraqueçaba: – 10,2%

Paranaguá: – 10,1%

Antonina: – 2,8%

Guaratuba: – 1,5%

Morretes: + 1,3% (único município com aumento de chuvas)

 

Aumento de dias secos

Pontal do Paraná: 43,3%

Matinhos: 40,7%

Paranaguá: 35,5%

Guaraqueçaba: 34,2%

Guaratuba: 28,9%

Antonina: 26,8%

Morretes: 24,3%

 

 

*Com informações do Correio do Litoral

Comentários e Opiniões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here