Tráfico de drogas em Paranaguá leva dois para a cadeia

0
176
Suspeitos confessaram que vendiam entorpecentes

Dois homens foram presos pela Polícia Militar, na noite de quinta-feira, 7, acusados de envolvimento com o tráfico de drogas em Paranaguá. A ação foi realizada por uma equipe da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel) durante patrulhamento de rotina pelo Jardim Jacarandá.

Tudo começou por volta das 23 horas, quando os militares, ao chegarem em um local conhecido pelo comércio de entorpecentes, na Avenida Belmiro Sebastião Marques, flagraram alguns indivíduos em atitude suspeita e resolveram fazer a abordagem.

Na ação, os policiais acabaram localizando uma carteira de cigarros contendo 12 buchas de cocaína, que estava embaixo de um banco onde Talisson da Silva Alves, de 23 anos, foi encontrado sentado na companhia de uma moça.

Em seguida Rafael Farias Pinheiro, de 24 anos, apareceu no local e também foi abordado, sendo localizadas com ele duas pedras de crack e uma lâmina de barbear. Questionado de onde estava vindo, o rapaz relatou que havia deixado seu filho, de 10 meses, em sua residência, e que retornou para encontrar a esposa, que estava com Talisson.

Os policiais, então, foram até a casa de Rafael e no local encontraram um tubo plástico, contendo mais pedras de crack, que totalizaram 4,3 gramas, além de uma pequena caixa com diversos pinos utilizados para o acondicionamento de cocaína e uma folha de caderno onde estavam anotações referentes ao comércio de entorpecentes.

Diante da situação, Rafael teria admitido que estava comercializando drogas e Talisson relatado que vendia as buchas de cocaína encontradas no início da abordagem. Levados à 1ª Subdivisão Policial junto com tudo que foi apreendido, os dois rapazes foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, ficando recolhidos na carceragem local à disposição da Justiça.

A companheira de Rafael, de 25 anos, também foi levada à delegacia, onde foi ouvida como testemunha e liberada. Dos dois suspeitos, apenas Rafael tinha antecedentes criminais.

Comentários e Opiniões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here