Distribuição de Ivermectina, em Paranaguá, gera aglomeração de pessoas

por Luiza Rampelotti
17/07/2020 14:14 (Última atualização: 3 semanas atrás)

A entrega foi iniciada às 8h, e segue até às 18h, no Ginásio Albertina Salmon, para pessoas com doenças pré-existentes comprovadas por meio de declaração médica, e também para moradores acima de 40 anos.

Após adquirir mais de 1.4 milhões de comprimidos do antiparasitário Ivermectina para distribuir à população, com o intuito de tratar precocemente sintomas do coronavírus, o prefeito Marcelo Roque anunciou, ontem (16), o esquema de distribuição do medicamento.

Nesta sexta-feira (17), a entrega foi iniciada às 8h, e segue até às 18h, no Ginásio Albertina Salmon, para pessoas com doenças pré-existentes comprovadas por meio de declaração médica, e também para moradores acima de 40 anos. No entanto, dezenas de imagens estão circulando pelas redes sociais, mostrando centenas de pessoas enfileiradas do lado de fora do Ginásio, aguardando a entrada no local.

Vale destacar que uma das determinações dos órgãos de saúde é para que se evite aglomeração, combatendo a disseminação do vírus, uma vez que a doença ainda não tem tratamento e nenhum estudo comprovou a eficácia de algum medicamento contra a Covid-19.

Em Paranaguá e no litoral está em vigência o Decreto Estadual que determina uma quarentena mais restritiva na região, em razão do aumento exponencial no número de casos e mortes por coronavírus. Com a norma, todas as atividades não essenciais devem permanecer fechadas até o dia 21 de julho.

Porém, na cidade, a distribuição de Ivermectina ocorrerá diariamente, inclusive, aos finais de semana, das 8h às 18h, no Ginásio Albertina Salmon.