Dupla é presa após render vigia para assaltar casa no Centro Histórico

por Redação JB Litoral
14/05/2020 12:50 (Última atualização: 14/05/2020)

Cleyton Lima dos Santos, de 27 anos, morador no Jardim Iguaçu, e Jonathan Nunes Alves, de 34 anos, foram presos pela Polícia Militar, na madrugada desta quinta-feira, 14, acusados de tentar assaltar uma casa na Rua Manoel Bonifácio, Centro Histórico de Paranaguá. Para a prática do delito, eles renderam o vigia da moradia, mas acabaram fugindo sem levar nada de valor.

Dupla é presa após render vigia para assaltar casa no Centro Histórico 1
Jonathan Nunes Alves, o “Scania”

A ação teve início depois que o funcionário de uma empresa monitoramento patrimonial entrou em contato com a PM, relatando que se encontrava em seu posto residencial, quando foi rendido por dois indivíduos, um deles em posse de uma arma de fogo e o outro com uma faca.

A vítima contou que um dos bandidos estava trajando moletom azul com capuz e o outro uma calça de firma azul e que eles anunciaram o roubo o mandando abrir a casa que estava sob sua guarda. No entanto, o vigia relatou que não tinha as chaves da moradia e que apenas ficava monitorando a parte externa.

Na sequência, a dupla ainda teria revistado o homem, à procura de objetos de valor e, mas acabara fugindo em direção ao centro da cidade, sem levar nada da vítima. Imediatamente os policiais realizaram patrulhamento pela região e, na Rua Conselheiro Sinimbu, próximo a Igreja Catedral, localizaram Cleyton e Jonathan, que se encaixavam na descrição repassada.

Na busca pessoal, não foi encontrada nenhuma arma de fogo com a dupla, mas Cleyton tinha uma faca, que estava em sua mochila. De pronto foi feito contato com o vigia, o qual se deslocou até o local da abordagem e reconheceu os suspeitos.

Diante dos fatos, os dois detidos foram encaminhados ao plantão da Delegacia Cidadã, para a elaboração do flagrante pelo crime de roubo tentado. Jonathan, que é conhecido como “Scania”, já tinha outras passagens pela polícia pelo mesmo delito e também por furto.