Fabiano Elias se afasta da presidência do Rio Branco

por Redação JB Litoral
05/01/2014 00:00 (Última atualização: 05/01/2014)

NULL

Na manhã deste sábado (4), o até então presidente do Rio Branco Sport Club, Fabiano Elias, reuniu a imprensa para anunciar o seu afastamento do time alvirrubro. Na entrevista coletiva que concedeu na sede do clube, Elias disse que para o sucesso do time nesta temporada era necessário uma atitude de desprendimento pessoal. Thiago Campos assume a presidência do clube.

Veja o comunicado na íntegra:

À Diretoria do Rio Branco Sport Club.

Fizemos muitos avanços neste clube e conquistamos inúmeras vitórias que não podem ser subjugadas por aqueles que professam uma idolatria individualista contra a grandeza da instituição.

Nossas vitórias são várias: Felipe Zanelato Liriano, um de nossos atletas da base, está disputando a Copa São Paulo de futebol de juniores; temos duas eficientes parcerias esportivas, uma com o São Bernardo Futebol Clube, da primeira divisão do Futebol Paulista e outra com a Amaral Sports, destacada empresa de fomento esportivo nacional e aqui em nossa cidade fizemos uma união fraternal com o Clube Literário, também alvirrubro, que possibilita aos nossos associados a condição de usufruir de sua sede social.

Além disso, nossos trabalhos de recuperação do Estádio Nelson Medrado Dias continuam e depois das reformas das instalações elétricas, hidráulicas, recuperação do gramado, pintura das arquibancadas e dos muros do estádio, da demolição da arquibancada condenada e reconstrução de parte do muro em ruínas, também já fizemos a colocação dos postes e das telas de contenção, colocação dos guarda-corpos e corrimões e nova central de gás. Já iniciamos as obras de recuperação da área dos fundos do gol da antiga arquibancada. Conseguimos reaver 16 dos antigos refletores e temos mais de duas mil cadeiras de PVC para instalação.

Fizemos excepcionais eventos de integração, com o retorno do tradicional baile de carnaval do Clube Literário, denominado Vermelho e Branco Centenário, o show de aniversário de 100 anos com a Banda Nega Fulô e a reabertura da Estradinha com o jogo comemorativo do Centenário entre os Masters do Rio Branco Sport Club e da Seleção Paranaense, com nossa vitória por 5 x 1, além da missa campal em comemoração ao nosso aniversário de 100 anos.

Fizemos duas boas campanhas nos Campeonatos Paranaenses SUB-18 de 2012 e 2013 e continuamos com a política de integrar à equipe profissional os atletas que se destacaram nos torneios de base. Além disso, já temos atletas que pertencem ao quadro permanente do clube.

Não fomos contemplados em 2012 e 2013 com os recursos da Lei de Incentivo ao Esporte Amador, direcionadas para as nossas categorias de base e escolinhas, pelo fato de que o clube possui há anos débitos fiscais e previdenciários consideráveis, mas isso não nos impediu de participar da competição da categoria. Já iniciamos as discussões e parcelamentos dos débitos públicos.

Conseguimos reduzir o passivo antigo do clube com o pagamento de mais de R$ 60.000,00 (sessenta mil reais) de dívidas em processos judiciais que tramitavam há alguns anos, bem como fornecedores, instituição bancária, funcionários e atletas, além de termos promovido o arquivamento do procedimento de investigação do Ministério Público do Trabalho, também procedimento judicial de vários anos.

Chegamos à última rodada do Campeonato Paranaense de 2013 com chance de chegar à disputa do título do interior, que era o nosso compromisso e estamos montando uma equipe que pode chegar ao título do Campeonato Paranaense de 2014, graças à parceria esportiva tão sonhada pelo torcedor do Leão da Estradinha, com a já citada empresa Amaral Sports.

O projeto de 2014 é otimista e promissor, mas para que ele possa ter sucesso é necessária uma atitude de desprendimento pessoal em favor deste clube centenário. O projeto do Campeonato Paranaense deste ano deverá consumir a cifra aproximada de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais). Depois de tantos anos sem resultados expressivos é necessário ousar e apostar, pois há uma geração de torcedores que hoje possuem entre 08 e 15 anos que infelizmente se acostumaram a conviver com campanhas ruins e que não tiveram a oportunidade de vivenciar memoráveis campanhas do nosso Leão da Estradinha.

E essa atitude de desprendimento pessoal, agora, é minha.

Depois de tantas conquistas realizadas e tantas vitórias alcançadas dentro do clube, sinto-me no dever de continuar agindo em favor dessa instituição. A informação que recebi sobre a posição de líderes políticos e empresários da cidade de que só apoiariam o clube se ocorresse o meu afastamento é uma condição contra a qual não devo lutar. Temos lideranças políticas e empresariais prestando o devido apoio, mas para o sucesso do Projeto 2014 precisamos de todos, indistintamente.

Não há desvio de conduta e não há justificativa aceitável. Só não querem que eu esteja à frente do projeto 2014. É uma posição política contrária à minha presença nesse projeto de sucesso, pelo qual lutamos, planejamos e acreditamos. Pessoas que não querem me ver nas vitórias deste projeto. Eu não preciso disso. Mas o clube precisa desse sucesso e muito!

Por isso peço licença desta Presidência, com o justo intuito de deixar livre e desimpedido o caminho àqueles que justificavam através da minha presença sua oposição, sua falta de apoio ou seu desinteresse comercial. Agora a desculpa acabou.

O Rio Branco precisa de todos e eu me afasto da Presidência para que eles possam participar.

Faço uso, finalmente, de uma frase de Ivan Teorilang, que acho muito propícia neste momento: “É melhor sofrermos uma injustiça do que praticá-la, pois sendo justo, o tempo se encarregará de trazer à tona a verdade.”.

O Rio Branco é maior do que qualquer um de nós. Desejo sucesso a todos. Deus nos proteja.

Fabiano Vicente Elias

Novo Presidente

O novo presidente do Rio Branco Sport Club, Thiago Campos, pediu a união da cidade em prol do único time que representa o Litoral no Campeonato Paranaense. Confiante no trabalho da atual comissão técnica e no elenco, Thiago Campos pediu o apoio da torcida, imprensa, empresários e lideranças políticas, para que a temporada do Leão da Estradinha seja vitoriosa.

“O Rio Branco é o único time do Litoral e se nós abraçarmos esta causa, seremos muito grande. Já tivemos uma das maiores torcida do campeonato e isso sempre foi o nosso maior orgulho. Por isso é que precisamos da união entre o time, torcida, imprensa e a cidade em geral”, destacou o presidente. “Sou apaixonado pelo Leão da Estradinha desde pequeno. Não tenho nenhum vínculo político e estou aqui pelo Rio Branco. Sonho com esse time muito grande. Por isso peço que toda Paranaguá esteja conosco”, completou Campos.

Deixe um comentário