Festival de Turismo do Litoral começa hoje em Matinhos

Com 29 espaços de exposição, evento traz diversas oportunidades para empreender na região, como opções de produtos, serviços e crédito

por Redação JB Litoral
29/08/2013 00:00 (Última atualização: 29/08/2013)

Vinte e nove expositores vão participar do 3º Festival de Turismo do Litoral, nos dias 29, 30 e 31 de agosto, lotando o espaço reservado na UFPR Litoral, em Matinhos. São empresas que operam na região, organizações da sociedade civil e órgãos governamentais que, nos três dias, discutirão o desenvolvimento econômico e social do litoral paranaense através do turismo, bem como as oportunidades e formas de negócios na região.

Nos stands, o visitante terá informações sobre produtos e serviços já ofertados no litoral, novidades lançadas pelos empresários que atuam no local, projetos do poder público para o desenvolvimento da região, oferta de cursos para capacitação de empresários e funcionários, consultoria para a viabilização de um novo negócio e até oportunidade de crédito para quem quer investir no turismo, uma vez que uma equipe da Fomento Paraná estará atendendo os interessados dentro da feira.

Para o presidente da Rede Empresarial da Ilha do Mel, que representa os proprietários de pousadas e restaurantes da região, Marcos Gamper, o Festival é uma excelente oportunidade para: “além de expor seus produtos e serviços, conhecer o que outros empresários estão fazendo e até formalizar parcerias”. Proprietário de uma pousada na Ilha, Gamper conta que está muito interessado em auxiliar empreendedores que queiram, por exemplo, investir em passeios ou esportes: “Isso pode trazer maior procura para o meu negócio também”.

Para o empresário, a Ilha do Mel precisa tornar-se destino turístico também fora da temporada de verão. “Há potencial para isso, por conta do ecoturismo, dos esportes náuticos, do vôo livre, do surf, da possibilidade de organizarmos eventos e viagens para grupos de empresas, por exemplo”. Gamper diz que o grande objetivo dos empresários da Ilha do Mel é tornar o destino mais conhecido entre os turistas do entorno do litoral. “Nosso trabalho foca um raio de 200 km. Ajustando-se ao público mais próximo, nos tornaremos mais conhecidos para o pessoal de fora também, na seqüência”, comenta.

O empresário Adonai Arruda Filho, da BWT Operadora e da Serra Verde Express, aproveitará o evento para o lançamento oficial de mais um serviço: o aluguel de motocicletas no desembarque do trem. “É mais um serviço para quem vem para o litoral de trem e que vai ajudar no turismo de todos os municípios, pois vai permitir maior mobilidade ao turista, que poderá alugar uma Harley Davidson ou uma BMW ao descer do trem e visitar as outras cidades do nosso litoral”. Para ele, “a grande vantagem do festival é unir os municípios e os empresários para novas parcerias e novos projetos. Estará todo mundo no festival, é o local onde estamos nos conhecendo”, disse.

Para viabilizar essas parcerias e projetos, o stand do SEBRAE é sempre um dos mais visitados durante o Festival. Patrícia Albanez, gestora de projetos da entidade, diz que os consultores estão preparados para atuar em três frentes durante o evento: atendimento para os empresários que já têm empreendimentos no local, consultoria para quem quer abrir um negócio no litoral e divulgação do recém-inaugurado escritório do SEBRAE em Paranaguá, “para mostrar ao povo do litoral que ele tem, a partir de agora, um atendimento específico, com profissionais com conhecimento sobre as características e demandas da região”.

 

 

Deixe um comentário