GCM prende homem por assediar a enteada na Ilha do Mel

por Redação JB Litoral
10/01/2021 21:08 (Última atualização: 1 semana atrás)

Agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) prenderam, na manhã deste domingo, 10, na Ilha do Mel, um homem acusado de importunação sexual contra sua enteada, uma adolescente de 17 anos. A prisão ocorreu após denúncia feita pela mãe da vítima.

A ação teve início por volta das 9h50, quando a Central de Controle Operacional da GCM informou aos agentes da Divisão Marítima e Ambiental que se encontravam em serviço na Ilha do Mel, sobre uma ligação de uma mulher, moradora na Praia de Nova Brasília, a qual relatou que sua filha teria sofrido abuso do padrasto.

Imediatamente os agentes se deslocaram até o local informado e encontraram a adolescente na casa ao lado onde reside, que pertence a uma amiga da família. Ela relatou aos guardas civis que estava dormindo, quando seu padrasto chegou de madrugada, após ingerir bebida alcoólica.

Em suas declarações, a jovem disse que acordou com o homem alisando seu corpo e que, então, levantou rapidamente e saiu de perto dele. A menor disse que, em seguida, ligou para o celular da sua mãe, a qual estava em outro local, informando a situação e foi orientada a ir para a casa da vizinha.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Em seguida, os agentes foram até a residência do suspeito, de 46 anos, o qual, ao ser abordado, admitiu que havia chegado em casa após beber e confessou ter acariciado a enteada, alegando que não sabia onde estava com a cabeça quando tomou tal atitude.

Diante dos fatos, o homem acabou preso e encaminhado ao plantão da Delegacia Cidadã, em Paranaguá, onde foi autuado em flagrante pelo crime de importunação sexual, sendo, na sequência, conduzido para a Cadeia Pública, onde ficou recolhido à disposição da Justiça.

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments