Governo e caminhoneiros fecham acordo para liberar cargas prioritárias nas rodovias do Paraná

por Redação JB Litoral
24/05/2018 20:06 (Última atualização: 24/05/2018)

De acordo com decisão tomada no fim da tarde desta quinta-feira, cargas prioritárias terão trânsito livre nos pontos de bloqueio. Para isso, precisarão estar identificadas

As cargas consideradas prioritárias poderão passar pelos bloqueios de caminhoneiros nas rodovias do Paraná. A decisão foi tomada em uma reunião de emergência, no fim da tarde desta quinta (24),  convocada pela governadora Cida Borguetti com lideranças dos caminhoneiros, representantes da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) e da Polícia Federal (PF) e o chefe da Casa Militar e coordenador da Defesa Civil, Maurício Tortato. As cargas serão identificadas por um selo da Defesa Civil. São consideradas cargas prioritárias, insumos hospitalares, medicamentos, comida para hospitais e penitenciárias, produtos químicos para tratamento da água, carga viva, leite, ração para animais da granja, entre outros.

A governadora do Paraná também determinou nesta quinta-feira (24) à Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (AGEPAR) o estudo da viabilidade da não cobrança de pedágio do eixo suspenso dos caminhões enquanto durar a crise de desabastecimento de combustível e o impacto que a não cobrança iria produzir nas tarifas.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Fonte: Bem Paraná

Deixe um comentário