Guarda municipal é assassinado a tiros na Serraria do Rocha

por Redação JB Litoral
06/05/2020 16:08 (Última atualização: 06/05/2020)

Guarda municipal é assassinado a tiros na Serraria do Rocha 1
Barcellos foi surpreendido dentro do carro

Na tarde desta quarta-feira, 6, em Paranaguá, o guarda civil municipal Jeferson Barcellos de Oliveira, de 44 anos, foi assassinado a tiros, dentro do próprio carro. O crime ocorreu no cruzamento das Ruas Arthur Bernardes e Barão do Amazonas, na Serraria do Rocha.

Imagens de câmeras de monitoramento registraram o crime, o qual foi praticado por dois homens que desembarcaram de um automóvel HB20 branco e atiraram várias vezes contra o agente, que estava em um veículo GM Ônix, que se encontrava parado na frente de uma oficina mecânica de sua propriedade.

Após os tiros, os atiradores voltaram para o HB20 e fugiram em disparada. Barcellos entrou em óbito no local e equipes da Polícia Militar, Guarda Civil Municipal e Polícia Civil estão no local, que foi isolado para o trabalho da perícia criminal. O automóvel usado pelos assassinos já teria sido encontrado, incendiado nas imediações da PR-407 (Estrada das Praias).

PRISÃO

Jeferson Barcellos era guarda civil municipal desde 2003, quando ingressou na corporação por meio de concurso público. Ele tinha histórico criminal e, em 2009, havia sido preso, acusado de envolvimento com o tráfico de drogas.

No dia 20 de março deste ano, ele foi preso mais uma vez. Desta vez, o GCM estava em uma casa no bairro Bockmann, onde a Polícia Militar abordou 12 pessoas e houve a apreensão de armas, munições e lacres usados em contêineres. Na ocasião, todos os envolvidos foram encaminhados à Delegacia da Polícia Federal, junto com tudo o que foi apreendido.