Idosos de Guaratuba são vacinados em casa

por Maisy Pires
20/04/2020 19:12 (Última atualização: 21/04/2020)

Até o momento foram realizadas 4.694 vacinas domiciliares a idosos acima de 60 anos. (Divulgação/Prefeitura)

Com o objetivo de evitar aglomeração e impedir a exposição dos idosos ao novo coronavírus (Covid-19) nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), em Guaratuba, a prefeitura de Guaratuba destinou equipes para vaciná-los contra a gripe em casa.

“Não faria sentido pedirmos para que o idoso fique em casa e depois pedirmos para que ele fosse até uma Unidade de Saúde se vacinar. Neste período de pandemia da Covid-19, a nossa maior preocupação é evitar aglomeração e preservar a saúde dos nossos idosos. Sabemos da importância da vacinação contra a gripe e, por isso, decidimos levar a nossa equipe de saúde até a casa deles”, disse o prefeito Roberto Justus.

De acordo com o secretário Municipal da Saúde, Gabriel Modesto, já foram aplicadas mais de 4.500 doses. “Até o momento foram realizadas 4.694 vacinas domiciliares a idosos acima de 60 anos, temos em espera mais 1.400 idosos que receberam a vacina domiciliar conforme formos recebendo novos lotes, todos os idosos serão visitados até o final da campanha”.

Caso o idoso ainda não tenha recebido a vacina, é necessário confirmar se tem cadastro na UBS mais próxima. “Dia 15 de abril abrimos para os profissionais de saúde da rede privada. No próximo lote, previsto para esta quinta-feira (23), abriremos para o público de doentes crônicos, profissionais das forças de segurança e salvamento, caminhoneiros e demais públicos previstos para esta fase da campanha, mas pedimos para que entrem em contato com a UBSs ligando ou mandando uma mensagem pelo WhatsApp (contatos no final da matéria) antes de ir até o local, evitando aglomeração e deslocamento desnecessário”, completou.

A secretaria ressalta que as rotas da vacinação são elaboradas diariamente, conforme os endereços cadastrados. Ao todo, são 11 equipes de Saúde da Família, distribuídas em sete Unidades Básicas de Saúde que cobrem toda a cidade.

Entretanto, se o idoso ainda não recebeu a vacina, é necessário confirmar se tem cadastro na UBS mais próxima, ligando ou mandando uma mensagem pelo WhatsApp, listados abaixo.

Vale destacar que o Ministério da Saúde adiantou a vacinação contra o H1N1 que aconteceria apenas em maio, para diminuir a demanda atrás das vacinas no mês.

Contatos Whatsapp das UBSs:
UBS Piçarras: 3472-8733
UBS Cohapar: 34728732
UBS Figueira: 3472-8746
UBS Caieiras: 3472-8749
UBS Mirim: 3472-8747
UBS Coroados: 3472-8748
UBS Cubatão: 99151-3038
Epidemiologia 3472-8692