Incêndio destrói correias transportadoras de granéis no Porto de Paranaguá

por Redação JB Litoral
22/07/2020 10:18 (Última atualização: 22/07/2020)

As estruturas áreas das esteiras estão localizadas ao final da Avenida Coronel José Lobo, onde há intenso fluxo de tráfego pesados, devida à proximidade com área portuária.

Durante a madrugada desta quarta-feira (22), por volta das 4h, um incêndio iniciado em uma das estruturas das correias transportadoras de granéis sólidos de exportação, atingiu os terminais privados da CIMBESSUL e a AGTL que atuam no porto de Paranaguá.

O Corpo de Bombeiros e a Guarda Portuária foram acionados e às chamas foram controladas por volta das 6h30. Bombeiros ainda realizam no local o trabalho de rescaldo, para evitam novos focos de incêndio.

De acordo com informações de trabalhadores que estavam nas empresas na hora do incidente, o fogo teria iniciado na estrutura da empresa AGTL e se alastrado até o outro lado, atingindo a CIMBESSUL. As estruturas áreas das esteiras estão localizadas ao final da Avenida Coronel José Lobo, onde há intenso fluxo de tráfego pesados, devida à proximidade com área portuária.

De acordo com a assessoria de comunicação da empresa pública Portos do Paraná, desde o aviso do incêndio as operações de embarque de graneis pelo Corredor de Exportação foram interrompidas. “Desde às 7h30, todas as correias estão sendo lavadas para garantir que não haja mais nenhuma fagulha. Assim que essa limpeza for feita, a Portos do Paraná, Associação dos Operadores Portuários do Corredor (AOCEP) e Associação dos Terminais do Corredor de Exportação de Paranaguá (Atexp) vão avaliar o retorno imediato das operações”, disse a assessoria em nota à imprensa.

OPERAÇÕES CONTINUAM

No Corredor de Exportação 11 terminais atuam no embarque de granéis, interligados. Neste primeiro momento, a volta das operações será sem o embarque dos dois atingidos pelas chamas, com nove terminais (2 públicos e 7 privados).

A assessoria diz ainda que “as causas do incêndio serão investigadas e os reparos feitos imediatamente para que os dois terminais voltem à operação o quanto antes”.

As operações nos demais berços, incluindo a movimentação de contêineres, fertilizantes e carga geral, não foram afetadas e seguem normais.

Com informações da Portos Paraná

  • Incêndio destrói correias transportadoras de granéis no Porto de Paranaguá 2
  • Incêndio destrói correias transportadoras de granéis no Porto de Paranaguá 3
  • Incêndio destrói correias transportadoras de granéis no Porto de Paranaguá 4
  • Incêndio destrói correias transportadoras de granéis no Porto de Paranaguá 5
  • Incêndio destrói correias transportadoras de granéis no Porto de Paranaguá 6
  • Incêndio destrói correias transportadoras de granéis no Porto de Paranaguá 7
  • Incêndio destrói correias transportadoras de granéis no Porto de Paranaguá 8
  • Incêndio destrói correias transportadoras de granéis no Porto de Paranaguá 9
  • Incêndio destrói correias transportadoras de granéis no Porto de Paranaguá 10
  • Incêndio destrói correias transportadoras de granéis no Porto de Paranaguá 11
  • Incêndio destrói correias transportadoras de granéis no Porto de Paranaguá 12