Ivermectina começa a ser distribuída nesta sexta-feira, 17

por Redação JB Litoral
16/07/2020 18:50 (Última atualização: 16/07/2020)

Nesta primeira etapa receberão a medicação moradores em Paranaguá com doenças pré-existentes e pessoas acima de 40 anos

A Prefeitura de Paranaguá iniciará e entrega da Ivermectina para a população nesta sexta-feira, 17. Nesta primeira etapa, a medicação será entregue para pessoas com doenças pré-existentes comprovadas por meio de declaração médica atestando que é portadora da doença e também para moradores acima de 40 anos. Pessoas que não fazem parte desses primeiros grupos preconizados, não devem se dirigir ao Ginásio neste momento.

A entrega ocorrerá todos os dias das 8h às 18h, no Ginásio Albertina Salmon, inclusive aos finais de semana.

REQUISITOS PARA O ATENDIMENTO E RETIRADA DO MEDICAMENTO NESTA PRIMEIRA ETAPA


Ser portador de doença pré-existente, por exemplo, diabetes, cardiopatas e hipertensão. É necessário comprovação por meio de laudo médico que ateste tal doença.
Moradores com 40 anos ou mais também fazem parte do primeiro público alvo.
Portar documento de identidade;
Cartão SUS;
Comprovante de residência;
Não será permitida a entrada com calçados que contenham salto;
O uso de máscara é obrigatório.
Apenas a pessoa que passará pela triagem e recebimento da medicação poderá entrar no Ginásio para atendimento. Conforme Decreto, crianças menores de 12 anos devem permanecer em casa. Não será permitida a entrada no local.

O medicamento é contraindicado para pacientes hipersensíveis (alérgicos) à Ivermectina ou a algum dos componentes da fórmula, por pacientes com meningite ou outras afecções do Sistema Nervoso Central e por crianças com menos de 15 kg ou menores de 5 anos.

PESSOAS COM SINTOMAS


Não devem se dirigir ao ginásio pessoas que apresentem sintomas da Covid-19. Neste caso, o cidadão deve se dirigir ao Hospital de Campanha preferencialmente a partir do terceiro dia de sintoma.

AVALIAÇÃO


O ginásio contará com diversos profissionais de saúde, médicos, farmacêutico, enfermeiros, agentes comunitários de saúde e equipe de apoio. O morador passará por uma avaliação da equipe da saúde e assinará um termo de consentimento antes da retirada da medicação. A medicação é fornecida à critério médico.

IVERMECTINA


A ação da Ivermectina contra a Covid-19 apresentou resultados favoráveis e comprovados in vitro. A medicação é mais uma medida de tentar minimizar os efeitos mais agressivos da doença já que in vitro, a Ivermectina inibiu a replicação do vírus. Tomar a medicação não significa que a pessoa está imune à doença, por isso, todas as demais medidas de prevenção devem ser mantidas como o uso de máscara, distanciamento social e higienização em especial das mãos.

LOCAL ESCOLHIDO


O Ginásio Albertina Salmon foi escolhido para a entrega para evitar aglomerações nas unidades de saúde e agilizar a entrega da medicação aos públicos alvo. O espaço é amplo e conta com arquibancadas que também auxiliam no distanciamento recomendado.