Jéssica Fernandes, proprietária do JB, faz balanço positivo de 2013

Na última edição do ano, o JB fez uma entrevista exclusiva com a proprietária do Jornal dos Bairros, Jéssica Ketyscia Fernandes, que analisou os avanços obtidos pela empresa na área de comunicação em 2013. Entre elas, a passagem do JB para o mundo digital

por Redação JB Litoral
10/01/2014 00:00 (Última atualização: 10/01/2014)

NULL

JB – Qual a importância do Jornal dos Bairros adquirir uma nova sede física em Paranaguá localizada na Costeira?

Jéssica – A sede veio em consequência ao crescimento do jornal e a grande procura por reportagens. Havia essa necessidade de abrir o escritório para atendimento ao público, em função dessa demanda que atualmente o jornal vive e convido a toda população para que conheça a nova sede na rua João Eugênio 355, na Costeira. Nosso horário de atendimento é das 9:00 às 11:30 e das 13:00 às 18:00 horas.

JB – Nesse ano, o JB ampliou sua atuação para o meio digital, com a criação de um site, qual a importância para você?

Jessica – Como o JB é semanal e existe sobra de informação que acontece no meio da semana, nos motivou a lançar o site, pois não queríamos perder todo esse material que tínhamos diariamente. Também pesou o fato da própria modernidade e abrangência. Atualmente vemos pessoas de todo país e fora dele acessando o site, para saber das informações do litoral. Acredito que esse seja o caminho dos jornais mais a diante, essa adaptação para o meio digital pela dimensão e alcance de todos. Entretanto as informações passadas no site nem sempre são a mesma no impresso, isso ocorre em função da venda nas bancas, que está ótima. Selecionamos as melhores informações e damos ainda a prioridade para o impresso deixando as matérias do dia a dia do litoral para o site.

JB – Qual a importância do JB ser o único jornal com circulação e venda não somente em Paranaguá, mas também em Morretes e Antonina?

Jéssica – Gratificante. Essa é a palavra que me vem desde o início, pois lembro do dia que surgiu essa ideia em expandir o jornal. Já havíamos consolidado em Paranaguá com uma boa procura e venda, acreditei que poderíamos ir além e hoje é uma satisfação estar levando informação para três cidades toda semana, disponibilizando espaços e cadernos especiais para Morretes e Antonina e assim criando raízes e um novo meio de interação entre o jornal e a região que atuamos.

JB – O JB nasceu em Paranaguá, qual a importância do município para o jornal?

Jéssica – Paranaguá sempre será a origem de todo esses processos e, por haveres vários meios de comunicação de diversos segmentos e com grandes profissionais nessas áreas, estamos sempre buscando o melhor para nosso veículo esse é nosso único e maior objetivo o que podemos e fazer para melhorar e estar acima de nossos concorrentes, em capacitar nossa estrutura profissional e visual em modernização, também informações que realmente afete a vida das pessoas e ainda faça parte e possa resultar em melhorias sociedade, creio que temos essa meta e direcionamos nesse caminho e temos atingindo esse ideal em sempre levar o melhor para nossos leitores em Paranaguá nos tornando com uma identidade única no jornal e referência nesse campo de jornalismo

JB – Essa ampliação se deve a experiência do jornalista Gilberto Fernandes e seu empreendedorismo. Como isso influenciou o crescimento do jornal?

Jéssica – Bom mesmo sendo suspeita para falar sobre o jornalista Gilberto Fernandes (risos), mas falando ainda nesse seu lado profissional, tem duas áreas no jornalismo que como profissional me impressiona ver, essa sua capacidade de atuação no jornalismo investigativo e político. Ele faz um forte trabalho nessas duas áreas em especial, que já resultou em várias ações no Ministério Público, a ponto dos promotores pedirem para fazer a assinatura do jornal em função de nossa linha editoral. Eles vêem no jornal uma ferramenta de trabalho e, com isso, ganhamos ampla repercussão em jornais e matérias nossas já foram repercutidas em grandes veículos, como Gazeta do Povo e RPC. Esse trabalho que ele vem fazendo não é fácil, creio que poucos de sua área conseguem alcançar esse mérito nesse campo concorrido do jornalismo sério e de responsabilidade. Todo esse trabalho dinâmico, recentemente, resultou no reconhecimento da Câmara de Vereadores de Paranaguá e, em 2014, iremos receber o título de Honra ao Mérito. Isso é a valorização do trabalho de informação levado à população.

JB – Qual a importância dos clientes para que o jornal possa crescer cada vez mais?

Jéssica – Fundamental, atuamos muito forte nos segmentos sindical, portuário e empresarial. Nesse mercado altamente concorrido que é o da comunicação, nossos clientes fazem parte de todo esse crescimento e continuam conosco desde o começo. Agradeço a todos por investirem em nosso jornal e fazer parte desse veículo sério, que atua em três cidades, sempre buscando o melhor tanto para cliente, assinantes e leitores. Sem a participação deles não chegaríamos onde estamos e só tenho agradecer a todos pela parceria.

JB – O Troféu Imprensa, organizado por vocês, é uma das premiações de maior destaque na região. Qual o balanço que você faz da edição de 2013?

Jéssica – Muito positiva. É o reconhecimento da imprensa de Paranaguá para o empresariado, políticos e profissionais liberais. Vejo isso como reconhecimento desses profissionais que atuam em seus segmentos o ano todo, tanto na fiscalização, denúncias na ajuda da sociedade em geral e nada mais coerente esse profissionais escolherem os melhores do ano. Nosso objetivo agora é incluir o prêmio no calendário de eventos da cidade para que se torne oficial o Troféu Imprensa de Paranaguá.

JB – Quais os planos do Jornal dos Bairros para o futuro?

Jéssica – Nossos planos para 2014 é ampliar mais o jornal, estamos com o projeto de circular em Matinhos e Pontal do Paraná levando informação e vendas comercias. Estamos estudando essa possibilidade, pois nossa meta é ser o jornal mais lido no litoral e assim atingir as setes cidades do litoral. Também estamos estudando nos tornar bi semanal, circular mais uma edição, porém, com uma linha editoral voltada mais ao esporte, informações mais diversificadas para o cotidiano das cidades como lazer e um giro policial. Em razão da grande demanda de informações obtidas e não utilizadas durante a semana, estamos estudando mais essa possibilidade.

JB – Deixo o espaço aberto para uma mensagem aos leitores nesse final de ano

Jéssica – Agradeço a todos nossos colaboradores, equipe do jornal que fazem parte de levar cedinho até você leitor o melhor da informação do nosso litoral, agradeço a Deus acima de tudo, pois tivemos um ano abençoado com grande consolidação em Morretes e Antonina e sei que Deus nos direcionou nesse crescimento, nos deu a visão e capacitação do caminho, agradeço ao meu pai, pois começamos essa jornada juntos e vamos percorrer muito ainda. Isso é só o começo do que pretendemos atingir nessa área de comunicação e estamos sempre aprendendo, mesmo sujeitos a erros, mais com o intuito de fazer o melhor sempre e nos tornar o jornal mais lido de todo o litoral. Com fé, trabalho e dedicação acredito que chegaremos lá, pois estamos trabalhando muito para isso ocorrer. Desejo a todos um excelente final de ano, que possamos passar junto a quem amamos essa data tão importante que é o nascimento de Jesus Cristo e lembrar dos verdadeiros valores do Natal, tendo em mente que estamos no caminho correto, numa confraternização de amor e renovação. Desejo que Deus abençoe a todos e rumo a 2014.

Deixe um comentário