Jornalista da TVCI é hostilizada e dá queixa na polícia contra suposto militante do PT

por Redação JB Litoral
06/05/2016 11:00 (Última atualização: 06/05/2016)

Os ânimos aflorados pelas pessoas que cobraram dos vereadores a desaprovação da prestação de contas de 2007 do Ex-prefeito José Baka Filho (PDT) em conflito com o grupo político do ex-prefeito, acabaram hostilizando a Jornalista Emanuele Bittencourt Martins da TVCI, no final da sessão na Câmara de Vereadores de Paranaguá. 

Diante da cobertura, ao vivo, da emissora da votação das contas que receberam parecer de desaprovação do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE/PR), o plenário ficou dividido entre as pessoas que eram favoráveis e as contrárias.

Consolidada a desaprovação pelo placar de 13 votos a dois, com duas abstenções, mesmo com o encerramento da sessão um grande número de pessoas permaneceu no plenário. Neste momento, a jornalista conta que Erickson Rodolfo Lagos Torres foi em sua direção e passou a proferir injurias contra ela por motivos políticos.

A jornalista tentou se afastar entrando no plenário, mas disse que foi acompanhada por Erickson que continuou com o tom agressivo, sendo segurado por outro jornalista da emissora. Neste momento foi solicitado apoio para a equipe da Guarda Civil Municipal que estava presente na sessão. Indignada com a atitude, a jornalista registrou queixa de injúria contra Erickson na Delegacia de Polícia. Quase uma hora após do registro do Boletim de Ocorrência, Erickson também registrou queixa por ameaça. Mesmo não sendo vereador e nem funcionário da Câmara Municipal, Erickson foi até a Delegacia de Polícia, acompanhado da Procuradora do Poder Legislativo, Janice Xavier Pereira, e deu sua versão dos fatos.

Ele contou que teve uma breve discussão com a jornalista sobre a política da cidade e, neste momento, outro repórter da TVCI foi em sua direção e começou a discutir e a ameaçá-lo. Disse ainda que o repórter, que não soube dizer o nome, informou que o havia gravado e que o encontraria na cidade.

Vale destacar que Erickson, é supostamente militante do Partido dos Trabalhadores (PT), e participou ativamente da reunião que se definiu a composição da nova Comissão Provisória do PT de Paranaguá, inclusive votando na formação da nova direção partidária. Membros de sua família fazem parte do grupo político do Presidente da Câmara, Jozias de Oliveira Ramos (PDT) e tiveram participação na gestão do Ex-prefeito Baka Filho.

 

Deixe um comentário