Justiça determina suspensão da Comissão que investigava cassação de João Domero

por Redação JB Litoral
18/12/2014 13:00 (Última atualização: 18/12/2014)

NULL

No último dia 1º de dezembro, o presidente da Câmara, vereador Márcio Balera (PSD), informou através do seu perfil na rede social, que foi intimado pela justiça de Antonina, através de um mandado de segurança impetrado pelo prefeito João Ubirajara Lopes, o João Domero (PSC), para que suspendesse o afastamento do gestor da administração municipal, decretada pela Câmara, através do Decreto Federal 201/67.

A decisão de afastar Domero ocorreu em outubro, atendendo denúncia da moradora e advogada Ruth Fernandes de Oliveira, que pediu cassação do prefeito devido às inúmeras irregularidades com relação à gestão da saúde na cidade. A liminar revogou esta decisão e o prefeito novamente assumiu o comando do município, porém, uma nova decisão tomou de surpresa a Câmara de Vereadores, com a determinação de suspensão dos trabalhos da Comissão Especial Processante (CEP) que investiga essas denúncias. “Fui intimado de mais um mandado de segurança onde foi concedida liminar para suspender os trabalhos da Comissão Processante que apura irregularidades denunciadas contra o prefeito de Antonina. O argumento? O mesmo, entendendo que para o recebimento da denúncia também seriam necessários 2/3 dos vereadores. Com isso, a Câmara nem o poder de apurar irregularidades tem mais! Coisas da justiça, coisas do Brasil! Como sempre digo, ordem judicial não se discute, se cumpre e se recorre. E vamos indo, não sei até onde, mas vamos indo”, postou Balera em seu facebook, advertindo que a decisão não é definitiva.

Balera escancara atrito entre Câmara e Prefeitura

Logo após a liminar obtida pelo prefeito Domero, Márcio Balera usou seu facebook para desabafar quanto à situação política de Antonina, com relação às eleições de dezembro que irão definir a presidência da Câmara Municipal que, agora, levando em consideração o afastamento de Domero decretado pelo Legislativo, encontra-se na oposição do atual prefeito. Ontem ocorreu a eleição para a Mesa Diretora da Câmara, através do bate-chapa envolvendo a vereadora Marigel Alves Machado (PSC) contra o vereador Roberto Fernandes (PSDB).

“Preparem-se para ver um espetáculo de horror durante a semana, pois a gana de dominar por parte do Executivo é total”, adiantou o presidente na semana passada. “Sobre os últimos acontecimentos políticos de nossa cidade, só tenho uma coisa a dizer e sem dúvida esta é a maior lição que fica até então para mim. Só podemos promover a real mudança com o voto consciente, pois em nosso voto ninguém manda a não ser nós mesmos. Portanto você meu amigo, minha amiga, reflita muito bem sobre isso nas próximas eleições e não guarde só para você, espalhe à maioria de pessoas que puder, pois assim poderemos realmente mudar nosso futuro, que por enquanto está a deriva!”, completou o presidente do Legislativo em sua rede social, ressaltando a necessidade de mudança em Antonina.

 

Deixe um comentário