Cattalini é responsabilidade social no investimento e compromisso com Paranaguá

0
129

Com quase quatro décadas contribuindo de maneira eficaz com o desenvolvimento de Paranaguá, por intermédio da atividade portuária, a Cattalini Terminais Marítimos S.A., hoje, conta com 520 mil metros cúbicos de espaço físico para armazenagem dos mais diversos produtos de granéis líquidos, conectada ao mundo, tanto por seu píer privado como o público, com capacidade de atender quatro navios simultaneamente.

Administrada pelo Diretor-superintendente, José Paulo Fernandes, a Cattalini possui uma estrutura física composta por 116 tanques, divididos em quatro centros de tancagens alfandegados e entrepostados, interligados por um sistema de tubulações independentes, garantindo a segregabilidade e segurança dos produtos armazenados. Hoje é considerada o maior terminal de líquidos do Brasil. Nesta entrevista, José Paulo fala do forte investimento da empresa em responsabilidade social, com programas sociais e culturais, que mostram o compromisso da Cattalini com a Cidade Mãe do Paraná.

Cattalini é responsabilidade social no investimento e compromisso com Paranaguá 1
Mestres dando aula de capoeira na rede municipal de ensino

JB Litoral – O constante investimento da Cattalini em programas sociais e culturais se tornou um compromisso da companhia com a cidade. O que isto agrega para a empresa?

José Paulo A Cattalini é uma empresa parnanguara que se orgulha em poder contribuir para o desenvolvimento da nossa comunidade e para o crescimento do nosso município. Queremos dividir o sucesso da Cattalini, oferecendo oportunidades e, para isto, desenvolvemos nosso Programa de Responsabilidade Socioambiental, o qual incentiva projetos voltados ao meio ambiente, cultura, saúde, educação, bem-estar e esporte. Isto representa maior aproximação com a comunidade, principalmente, a residente em seu entorno e apresenta a empresa e suas atividades de forma transparente, incentivando um diálogo saudável e profícuo.

Cattalini é responsabilidade social no investimento e compromisso com Paranaguá 2
Primeira vez do humorista na cidade teve os ingressos esgotados no primeiro dia.

JB Litoral – Paranaguá é a cidade do apelido, da piada e do bom humor. Foi esta característica que fez a Cattalini oferecer o Hahanaguá?

José Paulo Com o Festival Hahanaguá de Humor buscamos promover a cultura local, incentivando o público para que prestigie peças teatrais. Nosso propósito é que mais pessoas frequentem o teatro e tenham acesso a eventos culturais, criando um hábito saudável e acessível para todos.

JB Litoral – O que a Cattalini espera desta edição do Hahanaguá?

José Paulo – Nesta segunda edição estamos prestigiando uma companhia local, a Cia Novah de Teatro, e outros artistas de renome nacional. Esperamos que o Festival repita o mesmo sucesso do ano passado e que mais pessoas possam assistir as apresentações. Temos um teatro maravilhoso na cidade, o Teatro Rachel Costa, que deve ser valorizado e sempre receber o maior número de espectadores.

JB Litoral O Hahanaguá é um presente da Cattalini pelo aniversário dos 370 anos de Paranaguá?

José Paulo – Sim. Reconhecemos o espírito criativo dos parnanguaras, que têm esta característica histórica de fazer piadas e o Festival é um presente para a cidade na semana do seu aniversário. Nossa mensagem, em seu aniversário, é baseada no fortalecimento de nosso compromisso com a cidade e com o seu crescimento.

JB Litoral – Qual a importância dos Programas de Responsabilidade Socioambiental feitos na cidade pela Cattalini?

José Paulo – Temos um Programa de Responsabilidade Socioambiental institucionalizado na empresa onde buscamos desenvolver uma relação de respeito e confiança mútua, promovendo o diálogo, o engajamento e convivência harmônica com a comunidade onde a Cattalini atua, além de contribuir para o desenvolvimento local considerando seus aspectos peculiares.

JB Litoral – Qual a motivação da Cattalini para manter todos estes programas?

José Paulo – Acreditamos que faz parte do papel da Cattalini trazer estes benefícios para toda a comunidade de Paranaguá e que o desenvolvimento de nossas atividades ultrapassa as relações comerciais e alcança o progresso econômico e a qualidade de vida de seus colaboradores, de suas famílias, da comunidade no seu entorno e da sociedade onde está inserida.

JB Litoral – Quais são os outros projetos, que também fazem parte do Programa de Responsabilidade Socioambiental, da Cattalini?

José Paulo – Além do Festival Hahanaguá, há outros projetos apoiados pela empresa. Posso destacar alguns deles, como na área de esporte e bem-estar social, onde temos o Projeto “Leões do Futuro”, o qual oferece o desenvolvimento físico e mental, com princípios da ética e do cooperativismo. Atende 420 crianças e jovens de 08 a 18 anos. O da “Associação Monte Sião” que, há 20 anos, desenvolve práticas esportivas e educacionais para mais de 300 crianças e adolescentes. O “Dandara”, oferecendo oficinas de teatro e de capoeira para crianças e jovens carentes de Paranaguá e de comunidades das ilhas no Litoral do Paraná e o “Abadá Capoeira”, em parceria com as escolas municipais do entorno “Randolfo Arzua”, “Costa e Silva” e “Ilha do Amparo”, visando oportunizar esporte e educação para as crianças e adolescentes.

Na área da saúde temos o Incentivo “Hospital Pequeno Príncipe”, o qual incentiva o projeto “Pelo Direito à Vida II”, promovendo a saúde e a qualidade de vida das crianças e adolescentes em tratamento e o Incentivo “Hospital Angelina Caronna aquisição e instalação de equipamentos de alta tecnologia para modernização do Pronto Socorro. Na educação, temos o Prêmio Cattalini, fruto do convênio firmado entre Cattalini, SENAI e escolas públicas. Nele a Cattalini fornece bolsas de estudo integrais aos “alunos destaque”. São bolsas para cursos profissionalizantes e o objetivo é dar oportunidade aos jovens para que conquistem seu espaço no mercado de trabalho. Temos também Parceria Escolas Municipais/Projeto Natal Solidário, que virou tradição, no período das festas de final de ano, onde a Cattalini Terminais realiza uma grandiosa festa de Natal para as crianças das escolas do entorno da empresa onde, além de muita diversão e atividades culturais, doa cestas básicas para as famílias dos estudantes. O recurso financeiro para aquisição das cestas básicas é revertido do valor que seria destinado ao presente de Natal dos clientes.

Na área de Meio Ambiente, temos o Projeto Educacional Conscientizar, direcionado a 1600 estudantes de cinco escolas públicas locais. O projeto tem por base a conscientização ambiental, com a redução do uso de embalagens; o repensar dos hábitos de consumo e descarte de resíduos; e a reutilização de materiais que possam ser reaproveitados, além de reciclar e incentivar o menor consumo e recusar produtos que prejudiquem o meio ambiente. Temos ainda a Gestão de Resíduos Sólidos/Associação dos Recicladores, desenvolvido há 10 anos, que busca prover uma destinação correta a 100% dos resíduos recicláveis oriundos da empresa. A ação acontece em parceria com a Associação de Recicladores “Nova Esperança”, localizada na Ilha dos Valadares.  Temos ainda o Projeto “Lixeiras Ecológicas”, onde a empresa apoia o projeto há três anos, com a aquisição e instalação de lixeiras no entorno dos terminais, contribuindo com a reciclagem e limpeza urbana no município de Paranaguá. Além de todos estes projetos, a Cattalini contribuiu mensalmente com a Creche Irmã Marta e o Provopar, os quais atendem crianças e famílias carentes do município.

 

 

 

Comentários e Opiniões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here