Prefeitura e ALL entram em acordo sobre passagens de nível

0
10
NULL

Uma alça de acesso com pista exclusiva para caminhões, ligando as ruas Tufi Maron e Paulo Canhola, será abertat em meio aos trilhos da ALL. Esse foi o acordo feito entre a Prefeitura e a empresa ALL, anunciou o prefeito Edison Kersten em coletiva à imprensa na tarde de quinta-feira (12), no Palácio São José. O acordo põe fim ao processo e as liminares que haviam sido interpostas pela empresa.

O objetivo das intervenções é desafogar o fluxo na região, especialmente de veículos pesados. Pelo projeto das obras, a rua Turi Maron (ver croqui da matéria), ganhará uma faixa adicional para que os caminhões desacelerem e possam entrar na alça de acesso até a rua Paulo Canhola, sem que precisem chegar a avenida Dr. Roque Vernalha.

No mês passado, por ordem do prefeito, foram abertas duas passagens de nível – uma na Samual Pires de Melo e outra na Estrada Velha dos Correia. A empresa entrou com recurso na Justiça, que determinou, em liminar, sem julgamento de mérito, o fechamento das passagens de nível recentemente abertas – e que haviam recebido a aprovação da população. Para resolver o impasse, o prefeito Edison recebeu os representantes da empresa para conversar e selaram o acordo que resultará no alargamento da Avenida Roque Vernalha.

A obra deve durar entre 20 a 30 dias. Até lá, a passagem de nível da Samuel Pires de Melo será reaberta, provavelmente a partir da semana que vem. “A empresa entendeu que abrir as passagens de nível não era uma escolha, e sim uma necessidade. Precisávamos fazer isso para conversarmos e chegarmos a um bom termo, como agora aconteceu”, salientou o prefeito durante a coletiva.

O secretário municipal de segurança, Cícero Alves Fernandes, salientou, durante a coletiva, que a intenção da Prefeitura, desde o princípio, era desafogar o trânsito de caminhões da Roque Vernalha, que vem causando problemas à população. “Paranaguá vem sofrendo constantemente com o congestionamento, e a situação piora se formos considerar que, num único ponto, temos trânsito de pedestres, ciclistas, carros, caminhões e trem”, comentou, salientando que equipes da Guarda Municipal continuarão na região orientando o tráfego.

O vereador Waldir Leite, que participou ativamente das negociações com a empresa, também avaliou como positivas as mudanças. “As negociações renderam uma solução que deve minimizar o problema e que contará, certamente, com total apoio da população”, disse.

Para finalizar, o prefeito sinalizou que tem acompanhado a reação popular à medida e pediu que não se realizem protestos contra a empresa, visto que se chegou a um acordo. “A questão será resolvida e a população vai ver que o trânsito da região vai melhorar. Pedimos, nesse momento, que não se realizem protestos ou manifestações hostis que podem colocar em risco o bom canal de comunicação que abrimos com a empresa. O fato é que o entendimento ocorreu porque, além dos constantes congestionamentos na região, muitos acidentes, inclusive com perda de vidas, agravam o problema”, encerrou.

Fotos: Marcio Tibilletti.

Comentários e Opiniões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here