Patronato de Pontal do Paraná promove ação contra violência de gênero

0
19

Começa nesta segunda-feira (11) o programa “Justiça pela Paz em Casa”, promovido pelo Patronato de Pontal do Paraná, em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado, que tem como objetivo ampliar a efetividade da Lei Maria da Penha. O evento acontecerá até o dia 15 de março, no Mini Auditório Primavera, na Avenida Tom Jobim, 308, a partir das 8h.

O programa tem a intenção de concentrar esforços para agilizar o andamento dos processos relacionados à violência contra a mulher, além de promover uma série de palestras e oficinas de capacitação. Também serão oferecidas ações interdisciplinares organizadas, que objetivam dar visibilidade ao assunto e sensibilizar a sociedade para a realidade violenta que as mulheres brasileiras enfrentam.

A violência contra a mulher ainda é um pesadelo que assombra grande parte do gênero, uma vez que, nos últimos 12 meses, 1,6 milhão de brasileiras foram espancadas ou sofreram tentativa de estrangulamento, enquanto 22 milhões (37,1%) passaram por algum tipo de assédio. Entre estes casos, 42% ocorreram no ambiente doméstico e, após sofrer a violência, mais da metade (52%) não denunciou o agressor e nem procurou ajuda. Os dados são de um levantamento do Datafolha, realizado em fevereiro deste ano.

Apenas nos três primeiros meses de 2019, mais de 200 mulheres foram vítimas de feminicídio (assassinato de mulheres em contextos discriminatórios), segundo o pesquisador Jefferson Nascimento, doutor em Direito Internacional pela USP, com base no noticiário nacional.

Para o Prefeito Marcos Fioravante (PSB), o programa “é uma oportunidade de a sociedade debater um tema que vem sendo destacado diariamente, pois a violência contra a mulher é notícia constante”. “Com a população e o Judiciário unidos, podemos acabar com esse mal”, diz.

Com informações da Assessoria de Comunicação

Comentários e Opiniões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here