Vereadores cobram reforma do trapiche de Guaraqueçaba

0
5
vereadores-cobram-reforma-do-trapiche-de-guaraquecaba

Localizada em um dos trechos mais preservados da Mata Atlântica do Brasil, Guaraqueçaba é a cidade no litoral paranaense considerada com a maior biodiversidade do mundo. A rota mais usada e de menor tempo, é por via marítima, através do transporte de barcos por Paranaguá, que dura cerca de três horas, com o desembarque no trapiche na entrada do município. Porém, moradores têm reclamado das condições do flutuante, que se encontra quebrado e em péssimas condições de uso.

Já está assim sem manutenção há um ano e meio, trazendo um risco para as pessoas, principalmente idosos, gestantes e crianças que se utilizam do atracadouro”, diz o vereador Thuca da Saúde, que também reside no município.

Devido a esta situação, os vereadores Alcendino Ferreira Barbosa, o Thuca da Saúde (PSDB), Julhardy Costa de Arruda (PSDB), Ivan França (PSC), Paulo Afonso Teodoro Dias (PDT) e Oseias Inacio (PSDB), o Oseias do Itaqui, aprovaram na sessão de terça-feira (09), uma indicação cobrando do prefeito de Guaraqueçaba, Hayssan Colombes Zahoui (MDB), o Ariad Junior, o reparo ou troca do trapiche. A solicitação é de urgência e tem o objetivo de melhorar o turismo na cidade. “O turismo em Guaraqueçaba está sendo prejudicado, pois não existe possibilidade de utilizar o píer”, diz Thuca.

A indicação nº 045/2018 diz que é conhecido por todos da cidade que o flutuante da sede está com problemas de manutenção e conservação, e necessita urgentemente ser trocado ou restaurado devido aos riscos que oferece. Os vereadores afirmam que o prazo final para que a prefeitura atenda ao pedido é de 30 dias, caso contrário ingressarão com ação judicial junto ao Ministério Público do Paraná (MPPR).

A prefeitura de Guaraqueçaba foi procurada para se manifestar sobre as condições do trapiche, porém até o fechamento desta reportagem não se pronunciou.

 

Comentários e Opiniões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here