Made in Paranaguá: produtos que só a terrinha oferece ou que começaram por aqui

por Luiza Rampelotti
28/07/2020 21:00 (Última atualização: 28/07/2020)

Berço da civilização paranaense, Paranaguá é a cidade mais antiga do Estado e, nesta quarta-feira (29), completa 372 anos. Com a terceira baía de maior importância do Brasil, que possui 677 mil quilômetros quadrados e subdivide-se em baías menores, com várias pequenas ilhas e comunidades de pescadores, a cidade é cercada pela Serra do Mar e pela Mata Atlântica.

Famosa por abrigar o maior porto graneleiro da América Latina e o segundo maior porto de contêineres do Brasil, a economia da cidade gira em torno do Porto de Paranaguá. Porém, quem visita o município também encontra muita história. Parte dos casarios antigos estão preservados e remetem às épocas de domínio dos portugueses e espanhóis, além de existir monumentos históricos e mercados municipais que ainda mantêm as características originais.  

Porém, a cidade também guarda outras surpresas que não são tão divulgadas quanto os recordes atingidos pelo porto e as histórias dos tradicionais casarios e monumentos – é que em Paranaguá são fabricados produtos famosos que saem do município para o mundo.

Margarina Qualy

Made in Paranaguá: produtos que só a terrinha oferece ou que começaram por aqui 2
Qualy começou a ser fabricada em Paranaguá, em 1991. Foto/Divulgação Internet

Tudo teve início em 1991, quando foi inaugurada a primeira fábrica de margarinas na cidade portuária, e a famosa Qualy começou a ser fabricada em Paranaguá. Em 1997, a marca já era líder nacional do mercado de margarinas.

A BRF, empresa detentora da marca, se instalou na cidade em 1980 com a produção de extração de óleo de soja e, em 1991, iniciou o processo de produção de margarinas, atuando continuamente, há 29 anos, na fabricação do produto. A unidade parnanguara conta com, aproximadamente, 600 colaboradores e é a maior fábrica de produção em volume de margarinas da América Latina. Além de atender o mercado interno, a BRF de Paranaguá exporta para diversos países da América Latina e África.

Em 2019, a Qualy teve a sua importância reconhecida pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) ao incluir seu nome na seleta lista de marcas de alto renome – que inclui empresas como Google, Petrobras, McDonald´s, Ferrari, Nike, entre outras. Desde então, a marca passou a ter proteção especial assegurada para atuação em todos os ramos de atividade até 2028.

O JB Litoral procurou a empresa BRF e questionou a respeito do retorno financeiro promovido pela fabricação da margarina para a cidade. No entanto, “por ser um dado estratégico, a empresa não abre essa informação”.

Mas, a unidade deixou uma mensagem de aniversário para o município: “A BRF de Paranaguá parabeniza os 372 anos do município e se sente honrada em contribuir com a economia da cidade, a mais antiga do Paraná e a principal do litoral do Estado”, parabeniza.

Biscoitos Dois Leões

Made in Paranaguá: produtos que só a terrinha oferece ou que começaram por aqui 3
Biscoito Dois Leões é produzido há 29 anos na cidade e é sucesso em todo o litoral paranaense. Foto/Divulgação Internet

Outra receita tradicional, que nasceu na cidade, é a dos biscoitos Dois Leões – aqueles biscoitinhos amanteigados com um pinguinho de doce de goiaba. A pequena empresa familiar está localizada no Bairro Estradinha, mas, de lá, saem muitos pacotes que abastecem, aproximadamente, 600 comércios em todo o litoral e em Curitiba.

O sucesso do biscoito é notório, caso contrário não estaria sendo produzido já há 29 anos. A receita se consagrou em Paranaguá, mas ganhou o coração das demais cidades do litoral paranaense.

A história da Dois Leões começou por meio das mãos de Seu Élio Leão que, após experimentar a receita e aprovar, decidiu apostar na comercialização dos biscoitos. “Uma professora na escola levava para fazer lanche no intervalo e eu achei aquele produto muito gostoso, comi e pensei: vou pôr no comércio. Então, um dia, coloquei 20 pacotinhos para vender de manhã e, quando foi 18 horas o falecido Suzuki já tinha vendido tudo, no dia seguinte foi a mesma coisa. No outro dia, fui na venda às 09h e depois voltei às 11h e já não tinha mais, perguntei para o Suzuki se tinha vendido tudo, mas foi a Saúde que tinha apreendido os biscoitos. Aí eu tive que regularizar e então deslanchou”, conta.

Com produção familiar, é até difícil acreditar que, por dia, são produzidos, em média, 30 mil biscoitinhos. Além disso, por mês, são vendidos, aproximadamente, 30 mil pacotes de 58 gramas para os estabelecimentos comerciais. Talvez, o sucesso da receita e, consequentemente, a grande quantidade de vendas tenha sido atingida devido ao amor que toda a família emprega na confecção dos deliciosos biscoitinhos.  

Café Mulatinho

Made in Paranaguá: produtos que só a terrinha oferece ou que começaram por aqui 4
Desde 2012, Café Mulatinho é produzido na cidade e, segundo a empresa, a marca é líder de mercado na região litorânea. Foto/Divulgação Internet

Mais um produto completamente parnanguara é o Café Mulatinho, que passou a ser fabricado na cidade no ano de 2012. De acordo com a empresa, a marca é referência e líder de mercado no litoral paranaense.

Em 2013, novos investimentos em instalações físicas e na aquisição de máquinas e equipamentos foram feitos e, então, nasceu a nova sede do Café Mulatinho, no Jardim Cometa. Com capacidade produtiva de 200 mil quilos (kg) de café por mês, atualmente, a marca está inserida em cinco estados, além de ser comercializada, também, para grandes clientes no setor público.

Na cidade, são atendidos todos os atacados, hipermercados, supermercados, distribuidoras de alimentos, mercearias, padarias e panificadores. Também atendemos várias empresas que compram para consumo direto. Se formos contabilizar, acredito que atingimos mais de 50% dos lares no município, levando sempre o que há de melhor em qualidade”, informa a empresa.

A Café Mulatinho emprega, hoje, de forma direta e indireta, 40 parnanguaras, entre funcionários e parceiros. Além disso, ela informa que são produzidos mais de 800 mil kg de café por ano, sendo que cerca de 50% é comercializado somente em Paranaguá.

Queremos parabenizar a cidade por seus 372 anos de histórias e tradições, e agradecer por ter acolhido a Café Mulatinho tão bem. Desejamos que nossos anos de história com o município sejam para sempre multiplicados, e que possamos continuar contribuindo para que os parnanguaras sempre comecem o dia da melhor forma: com o bom cafezinho Mulatinho”, parabeniza.

Especial 372 anos de Paranaguá