Mantida a base de 2013 na eleição das Comissões Permanentes da Câmara

por Redação JB Litoral
19/02/2014 00:00 (Última atualização: 19/02/2014)

NULL

Um “déjà vu” em todos os sentidos. Foi o que aconteceu com a eleição das comissões permanentes da Câmara de Vereadores de Paranaguá realizada na quinta-feira (6) no Palácio Carijó.

Os pontos polêmicos que marcaram a eleição em 2013 se repetiram na escolha dos membros que formaram as cinco comissões permanentes que possuem caráter técnico legislativo ou especializado e têm por finalidade, apreciar as proposições submetidas ao seu exame e fiscalização, emitindo seu parecer, conforme o que dispõe o Regimento Interno do Legislativo.

De clima tenso na apuração, ameaça de pedido de impugnação a recusa de vereador de integrar comissão, a eleição relembrou o clima quente do ano passado.

Com um grupo de 11 vereadores fechados em consenso na hora de votar, a composição de todas as comissões manteve a mesma base de 2013, com mudanças que não farão a diferença nas análises de projetos legislativos e executivos, além das mensagens enviadas pelo prefeito Edison de Oliveira Kersten (PMDB).

A apuração dos votos, logo na primeira Comissão, gerou polêmica por um erro cometido pelo vereador Waldir Turchetti da Costa Leite (PSC) que, na discussão, sugeriu a anulação do voto para evitar problema e aliviar a tensão formada no plenário.

No final das votações as comissões ficaram composta da seguinte forma: Comissão de Justiça e Redação Final: Sandra Neves (PDT), Márcio Costa (PRP) e Benedito Nagel (PSD); Comissão de Finanças e Orçamento: Antonio Ricardo dos Santos (PROS), Carlinhos da Ilha (PPS) e Eduardo Francisco de Oliveira (PSDB); Comissão de Educação, Saúde, Assistência Social e Meio Ambiente: Waldir Leite (PSC), Elto (PSL) e Jacir Morais(PSL); Comissão de Obras, Serviços Públicos, Habitação e Desenvolvimento Urbano: Sandra Luzia Lopes dos Santos Souza (PP), Laryssa Castilho (PRB) e Ivan da Fafipar (PMDB); Comissão de Assuntos Portuários e Turismo: Maranhão como presidente e os vereadores Elto Arcega (PSL) e Antonio Ricardo dos Santos (PP). Esta última foi a única que não sofreu nenhuma alteração.  

Agora os membros de cada comissão irão escolher os cargos de presidente e relator entre si.

           

 

Deixe um comentário