MPPR estabelece prazo para ampliação de leitos de UTI no Litoral destinados ao tratamento da COVID-19

por Redação JB Litoral
07/07/2020 09:41 (Última atualização: 07/07/2020)

O Ministério Público do Paraná, em documento conjunto das Promotorias de Justiça das comarcas do Litoral do estado (Paranaguá, Matinhos, Pontal do Paraná, Antonina, Guaratuba e Morretes), emitiu recomendação administrativa para que seja ampliada a oferta de leitos de UTI destinados ao atendimento de pacientes infectados com o coronavírus (Covid-19).

O documento é dirigido ao diretor do Hospital Regional do Litoral, ao diretor da 1ª Regional de Saúde e ao presidente da Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Estado do Paraná (Funeas) e foi motivado pelo fato de todos os 20 leitos destinados ao tratamento da Covid-19 no Hospital Regional do Litoral – instituição de referência para esse tratamento na região – encontrarem-se ocupados, havendo lista de espera de pacientes.

Urgência – Em reunião realizada na semana passada, com a presença dos promotores de Justiça do Litoral que atuam na área de saúde pública e dos destinatários da recomendação, alertou-se para a necessidade de ampliação do número de leitos de UTI no Hospital Regional do Litoral, em razão do aumento exponencial da demanda. Entretanto, os responsáveis não encaminharam ao MPPR qualquer plano operativo para atendimento da necessidade urgente.

A recomendação indica que, em até 48 horas, sejam providenciados mais dez leitos de UTI, com o provimento dos equipamentos e equipes necessários para seu funcionamento.

Da Assessoria de Comunicação do MPPR