Mulher é presa por tráfico de drogas durante abordagem da Rotam no Nilson Neves

por Redação JB Litoral
15/08/2020 18:55 (Última atualização: 15/08/2020)

Na ação foram apreendidas porções de maconha, balanças de precisão e material para embalar a droga

Policiais militares do 9º Batalhão prenderam, na noite de quinta-feira, 13, Camila da Silva Correia, de 20 anos, por envolvimento com o tráfico de drogas no Conjunto Nilson Neves, município de Paranaguá. Na ação houve a apreensão de porções de maconha e cocaína, além de dinheiro e material para embalar entorpecente.  

De acordo com a ocorrência, tudo começou por volta das 20 horas, quando uma equipe das Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam), durante patrulhamento pelo Conjunto Nilson Neves, ao chegar na Travessa Maria Nely Picanço, avistou um rapaz em atitude suspeita, na frente de uma casa. 

De imediato os policiais realizaram a abordagem e constataram que o suspeito era um adolescente de 17 anos, o qual foi flagrado com a quantia R$ 34,00 em dinheiro miúdo, que ele acabou confessando que era proveniente da venda de drogas. 

Na sequência, os policiais foram até a moradia, que se encontrava com o portão aberto, e avistaram Camila, acompanhada de mais duas mulheres e um rapaz. Na aproximação, os militares ainda perceberam que havia drogas no imóvel e fizeram a abordagem. 

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Nas buscas foram apreendidos 115 gramas de maconha, divididos em porções prontas para a venda, três buchas de cocaína, duas balanças de precisão, além de plástico para embalar a droga e R$ 688,00 em dinheiro miúdo. 

Ao ser questionada sobre o entorpecente, Camila acabou admitindo que estava comercializando como forma de aumentar sua renda. Encaminhada à Delegacia Cidadã, junto com tudo que foi apreendido, ela acabou autuada em flagrante e, em seguida, conduzida para o setor de carceragem da Cadeia Pública. 

O menor foi ouvido em Boletim de Ocorrência Circunstanciado (BOC) por ato infracional assemelhado ao tráfico de drogas e entregue para sua mãe, enquanto os outros suspeitos, de 18, 19 e 20 anos, foram ouvidos como testemunhas e liberados. 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments