PUBLICIDADE

Multa no irresponsável da Manoel Pereira

por Direto da Redação jornalismo@jblitoral.com.br
18/05/2020 09:00 (Última atualização: 1 semana atrás)

Em maio de 2017, em um dos seus programas na rádio Litoral Sul FM, o prefeito Marcelo Roque afirmou que proprietários que não realizassem a manutenção e limpeza dos seus terrenos seriam multados pela fiscalização. Na época, a medida foi uma das ações da força-tarefa desta gestão, a fim de conter a proliferação dos casos de dengue, mas que, hoje, o Paraná, infelizmente, está passando por uma nova epidemia. A medida continua a ser amparada pela Lei Municipal 2072/98.

Passados três anos, agora, são os moradores do edifício Amadeus, que vivem um drama com este terreno abandonado na Rua Manoel Pereira, a poucos metros de onde morou o prefeito durante certo período nesta gestão. A área virou um depósito de lixo a céu aberto, pessoas dormem no local e pedestre não tem acesso à calçada por causa do matagal (Foto). Chegou ao ponto de os moradores do prédio pagarem para limpar o terreno. Devido a sua localização, o proprietário é alguém que tem plenas condições de atender a legislação, murar o pequeno acesso e mantê-lo limpo.

Vale lembrar as palavras do prefeito ditas no programa à época: “não dá para admitirmos que pessoas irresponsáveis continuem mantendo seus quintais com focos de mosquito e o restante da população, no entorno, ficando doente. As pessoas têm que aprender que isto não pode mais ocorrer”.

O que está faltando para que a fiscalização faça aquilo que o prefeito determinou em 2017 em seu programa de rádio?

Transparência nos gastos da Covid-19

Num momento em que o Ministério Púbico do Paraná (MPPR) e demais órgãos fiscalizadores cobram discernimento e responsabilidade nos gastos com a pandemia de coronavírus dos gestores públicos, a prefeitura de Matinhos dá um exemplo de transparência, em seu Portal público. Diferentemente da maioria das cidades do litoral, que não têm prestado contas no Portal da Transparência das informações de gastos, no enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19), a gestão do prefeito Ruy Hauer (Foto) disponibiliza despesas e repasses recebidos de uma forma de fácil acesso. Até o momento, a prefeitura já investiu mais de R$ 2 milhões no combate ao vírus, como se pode ver na reportagem que trazemos nesta edição. Apesar de o grande volume de recursos, no site é possível encontrar, até mesmo, os contratos firmados e onde foram gastos. Por mais que seja uma obrigação, levando em conta outras gestões, Matinhos é digna de elogio.