“Não daremos trégua para bandidos”, diz candidato Julinho Lima

por Redação JB Litoral
26/10/2020 10:05 (Última atualização: 30/10/2020)

Julinho Lima é candidato a prefeito pelo Patriota

Nesta segunda-feira (26), o JB Litoral dá início a série de entrevistas com os candidatos a prefeito de Paranaguá. Com o intuito de ajudar a população a escolher o gestor dos próximos quatro anos, a equipe de reportagem enviou cinco perguntas para os 10 concorrentes: quatro embasadas no plano de governo de cada candidato e uma sobre a equipe de secretários.

Respeitando o sorteio realizado de forma remota (datas das publicações no final da matéria), a primeira entrevista a ser divulgada é do candidato Julinho Lima (Patriota). Confira

Tema: saúde

  1. Um dos seus projetos para a área da Saúde é a “criação de programas preventivos de saúde junto às unidades para garantir o bem estar das famílias”, quais seriam esses projetos?

Resposta: Sabemos que prevenir é melhor do que remediar. Para cada R$ 1,00 investido em prevenção, R$ 4,00 deixam de ser gastos em saúde. 

É importante deixar claro a diferença entre gastar e investir. Infelizmente, hoje gastasse muito e se investe pouco. Nosso plano vem desde a informação até exames técnicos específicos como: pediatria, cardiologia, oncologia e etc.

Tema: educação

  1. “Criar em espaços públicos oficinas móveis para oferecer à população carente cursos básicos de informática e incentivo à leitura, através de uma biblioteca itinerante” é uma das suas propostas para a área da educação, de acordo com o plano de governo. Tendo em vista que algumas escolas da rede municipal atendem em período integral, qual seria o cronograma dessa ação?

Resposta: Nossa ideia é atender a todas as crianças e jovens de Paranaguá, ninguém fica para trás.

A ideia de criar bibliotecas móveis e oferecer cursos gratuitos é justamente preparar o jovem para o mercado de trabalho. É tornar o aprendizado algo prazeroso e empolgante, não apenas um mero sistema onde as crianças e jovens tem que cumprir hora para passar de ano. Qualidade no ensino é garantia de prosperidade do povo, é disso que os poderosos têm medo, e é assim que nós daremos a nossa resposta. Paranaguá voltará a ter o seu lugar no mapa

Tema: segurança

  1. Entre as suas propostas para a segurança pública está a readequação da escala dos guardas municipais para desenvolver as atividades efetivas em locais públicos e outros pontos da cidade. Como seria essa readequação e qual a importância da mesma para a segurança pública?

Resposta: Temos um projeto de unificação das polícias Militar e Civil e também da Guarda municipal, juntamente com a implicação de câmeras com livre acesso a população. Estaremos, assim, em todos os cantos da cidade em tempo real. Chegaremos com mais efetividade e em menor tempo.

Não daremos trégua para bandidos que hoje fazem o que bem entendem na nossa cidade.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

As pessoas voltarão a andar tranquilas em nossa cidade.

Tema: geração de emprego e renda

  1. “Incentivar os estudantes para que, através do Sistema S, possam obter um maior preparo junto ao mercado de trabalho” está entre os seus projetos para a geração de emprego. O que significa este Sistema S do seu plano de governo e como funcionará, caso eleito?

Resposta: Sistema S são:  Senai, Senac e Sebrae.

Temos uma verdadeira potência em nossas mãos que são mal utilizadas. Cursos profissionalizantes vem, cada dia mais, sendo reconhecidos. A ideia é ingressar de vez com o jovem, com parcerias público-privada, para que tenham o mínimo de experiência no mercado de trabalho. Pessoas preparadas tem mais chances de ingressar e de manter seus empregos.

A população anseia por trabalho e como nosso Presidente diz: “o melhor programa social é o emprego”.

Tema: equipe de trabalho

  1. A equipe de secretários é o braço direito do prefeito durante o governo, qual critério usará para montar a sua?

Resposta: Eu posso garantir que tenho a melhor equipe técnica de todos os candidatos. 

Partindo do básico: todos devem estar alinhados comigo. Ninguém terá cargo vitalício no meu governo. Não me juntei a outros partidos justamente para não ter que lotear cargos.

Se a Secretaria é da Saúde devemos colocar um profissional da saúde, qual a dificuldade nisso? O mesmo farei com todas as outras. Com o orçamento que recebemos de R$ 650 milhões por ano é possível atender a todas as demandas do município. Basta ter uma gestão eficiente e que saiba investir e não gastar.

A próxima entrevista será com o atual prefeito e candidato Marcelo Roque (Podemos).

Ordem das publicações:

  • DIA 26 – JULINHO LIMA (Patriota)
  • DIA 27 – MARCELO ROQUE (Podemos)
  • DIA 28 – MANOEL BARBOSA (PCdoB)
  • DIA 29 – MARCO SUKITA (PV)
  • DIA 30 – ADRIANO RAMOS (Republicanos)
  • DIA 2 DE NOVEMBRO – JOSÉ BAKA FILHO (PDT)
  • DIA 3 DE NOVEMBRO – PICHACO (DEM)
  • DIA 4 DE NOVEMBRO – ALCEU MARON FILHO (PROS)
  • DIA 5 DE NOVEMBRO – FABIANO ELIAS (Cidadania)

Matérias relacionadas

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments