Paranaguá

Três servidores gastaram R$ 42 mil em diárias na Secretaria de Esportes em 2017

Três servidores gastaram R$ 42 mil em diárias na Secretaria de Esportes em 2017
Recurso legal, utilizado por servidores municipais de carreira e comissionados na gestão pública para deslocamento, pernoite e alimentação, em 2017, foi muito usado na Prefeitura de Paranaguá, com mais intensidade pela Secretaria Municipal em disputas esportivas estaduais, apesar de que as cidades sedes fornecem alojamento e alimentação a todos os participantes. Um levantamento feito pelo JB Litoral no Portal de Transparência da prefeitura  mostrou que somente três servidores, juntos, gastaram R$ 42.478,62 em diárias ao longo ano.

O campeão no uso de diárias foi o Assessor de Gabinete Edison Miola, ­que gastou R$ 15.999,99, seguido pelo motorista Mario Cesar Elias Roque que gastou R$ 14.152,83 e o Secretário Municipal, Darlan Janes Macedo Silva, que usou R$ 12.325,80.

Vale destacar que antes da extinção das Fundações, ocorrida nesta gestão, de março a agosto de 2016, a Fundação Municipal de Esportes, que já era presidida por Darlan Silva, gastou em diárias no ano de 2016, quase o dobro da Fundação Municipal de Cultura (FUMCUL) e Fundação Municipal de Turismo (FUMTUR). Na época, as três fundações municipais usaram R$ 52.417,84 em diárias realizadas no período.  Deste total, a Fundesportes utilizou R$ 33.368,12. Nos quatro anos da gestão dos Prefeitos Mário Manoel das Dores Roque e Edison de Oliveira Kersten, ambos do PMDB, Edison Miola também foi o campeão no uso deste recurso, gastando R$ 24.543,04, seguido por Darlan Silva, que usou R$ 19.437,80. Por sua vez, o motorista Mario César Elias Roque, o segundo que mais utilizou, desde 2010, gestão de José Baka Filho (PDT) e mesmo na anterior, do seu pai Mário Roque e de Kersten que geriu a cidade por três anos e meio, não havia feito uma só diária sequer. Apenas neste ano ele gastou com diárias.