Dia a Dia

Colégio da Vila Militar de Paranaguá passará a funcionar a partir do ano que vem

Ultima Atualização: 30.10.2019 às 14:34:54
Foto/divulgação

Debatida desde 2017, a implantação de um colégio da Polícia Militar, em Paranaguá, finalmente sairá do papel. No sábado (19), aconteceu a assinatura do contrato da primeira unidade do Colégio da Vila Militar (CVM), no Litoral, que passará a funcionar a partir do próximo ano letivo, 2020, sob a gestão do Diretor-comandante Tenente Zenildo Caetano das Neves, que atuou durante 35 anos na PM na região do litoral. A instituição de ensino é privada e estará localizada na antiga Escola Monte Sião, no Bairro São Vicente, próxima ao 9ª Batalhão da Polícia Militar do Paraná, na Avenida General Ivan Jejuhi Afonso da Costa, 622.

As matrículas já estão abertas e podem ser feitas presencialmente ou pelo site www.colegiovilamilitar.com.br/unidades/paranagua/. Serão 600 vagas para estudantes do Ensino Fundamental e 1º ano do Ensino Médio, nos anos seguintes haverá abertura de turmas para 2º e 3º anos. O colégio não informou o valor da mensalidade, mas o preço deve ficar próximo ao cobrado em Curitiba - alunos não associados pagam R$ 800 de mensalidade e para os filhos de associados da Vila Militar o custo será a metade do valor, R$ 400.

A escola tem estrutura para 12 salas de aula, laboratório de ciências, biblioteca, sala de vídeo, sala de dança, sala de artes, quadra coberta e quadra poliesportiva. Além disto, o colégio vai adotar material didático elaborado pelo CVM de Curitiba e contar com atividades extracurriculares como aulas de futsal e voleibol. Segundo a direção, a unidade terá base filosófica fundada na disciplina, hierarquia e responsabilidade.


Proposta de 2017
 

Em abril de 2017, vereadores da cidade aprovaram, por unanimidade, um requerimento que buscava a mudança de um colégio público para um militar. O apoiador e autor do requerimento foi o Presidente da Câmara Municipal à época, Marcus Elias Roque, o Marquinhos Roque, cassado por infidelidade partidária em fevereiro de 2019.

Este era o principal pleito do Conselho de Segurança do Município (Conseg) naquele ano. “Esta pode ser uma realidade na cidade de Paranaguá para os próximos anos, a transformação de um colégio público para uma instituição de ensino militar, e o Conseg vai lutar pela implantação desta instituição”, afirmou o então Presidente do órgão, Sami Zahra.

Em agosto de 2018 o plano de expansão do Colégio da Vila Militar foi apresentado em Paranaguá, em uma reunião, no SESC, em que participaram mais de cem pessoas. A instituição foi fundada no início do ano passado, mantendo a excelência em todas as metas previstas durante a sua implantação. Atualmente, possui unidades em Ponta Grossa, Francisco Beltrão, Maringá e Curitiba.

O Diretor-comandante do CVM, Tenente-coronel Sergio Renor Vendrametto, afirma que o colégio resgata valores de cidadania, civismo e patriotismo. “Acima de promover a educação, tem a missão de desenvolver talentos, transformar informações em conhecimento e educar para a vida, sendo a melhor educação dentro de princípios e valores, tanto para o associado quanto ao público geral, com um custo justo e equilibrado”, diz.


Com informações do Nosso Paraná, CVM e Gazeta do Povo

Comentários