Paranaguá

Porto de Paranaguá volta a receber navio de passageiros

Ultima Atualização: 15.12.2019 às 22:01:34
Porto de Paranaguá volta a receber navio de passageiros. ( Foto: Claudio Neves/Portos do Paraná)

O navio de cruzeiros MS Hamburg está atracado no Porto de Paranaguá, onde permanece até as 19h. A parada turística, que traz 411 passageiros e tripulantes, movimenta o Litoral e a capital do Estado.

Em parceria, a empresa pública Portos do Paraná, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Sustentável e Turismo e a Fundação Municipal recepcionaram os turistas que desembarcaram neste domingo (15), por volta das 7h15.

Segundo o diretor empresarial da Portos do Paraná, André Pioli, responsável pela recepção da embarcação e dos turistas, desde os primeiros dias de gestão, a empresa pública atua para fomentar a vinda de turistas para a região, através dos portos paranaenses.

“Tivemos que trabalhar muito para poder atrair as operadoras dos navios de turistas para voltarem a Paranaguá. Isso exige de nós e dos municípios da região um preparo muito grande. Esse primeiro navio simboliza a nossa boa vontade e boa intenção de bem receber esses passageiros”, afirma.

Segundo Pioli, a diretoria está em contato com outras empresas operadoras para que novas paradas turísticas venham para os Portos do Paraná. Um segundo navio está previsto para atracar em Paranaguá, em março de 2020. Além disso, existe a possibilidade de embarcações menores atracarem no Porto de Antonina e que outros navios venham parar na Ilha do Mel.

“Estamos preparados para que novos navios venham. Temos a previsão para que fevereiro chegue um outro navio, de porte maior, que deve fundear na Ilha do Mel. A partir deste momento, muitas coisas boas estão para acontecer no Litoral do Estado”, completa o diretor, que também esteve no cais recepcionando os turistas.

OPERAÇÃO - O navio está atracado no berço 204. A área foi isolada e especialmente preparada para receber os turistas. Em frente ao local de parada do navio, um receptivo foi montado com atrações culturais do Litoral – fandango e capoeira - e informações turísticas.

“Estamos muito impressionados. A maneira como foi organizado e como está limpo o Porto. Estamos muito bem-vindos. Já planejamos parar aqui outra vez. Está fantástico!“, comenta o português José Braz, diretor de hotel da embarcação.

Um grupo de 81 passageiros subiu a Serra do Mar, em dois ônibus, para conhecer Curitiba. O passeio foi adquirido a bordo, oferecido por uma empresa da capital. Para os outros 163 passageiros e os tripulantes que quiseram aproveitar para conhecer Paranaguá, as ilhas ou os demais municípios da região, três ônibus foram disponibilizados para fazer o transporte dos turistas até a Praça do Guincho (Praça Rosa Andrade), onde os passeios seriam oferecidos por agências locais.

Alguns turistas desceram de bicicleta para explorar a cidade. O alemão Michel, de 62 anos, era um deles. Ciclista, acostumado com os morros da cidade onde mora, ele disse que nunca havia ouvido falar de Paranaguá. Porém, com a recepção que teve, estava animado para pedalar e conhecer o que mais oferece a cidade. 

PERFIL

Dos 244 passageiros, 123 são mulheres e 121 homens, com idades entre 21 e 91 anos. De nacionalidade alemã são 228 pessoas. No mais, são sete austríacos, cinco suíços, um australianos, um esloveno e uma norte-americana.

Entre os tripulantes (equipe do navio) são 170 pessoas, 137 homens e 43 mulheres, com idades entre 21 e 65 anos. Eles são da Ucrânia (maioria), Indonésia, Filipinas, Índia, Alemanha, Itália, Sérvia, Portugal, Polônia, Letônia, Áustria, Honduras, Rússia, Romênia, Moldávia e República da Maurícia.

NAVIO

O Hamburg tem bandeira de Bahamas, pertence ao grupo Conti, mas é operado por uma empresa alemã, a Plantours Kreuzfahrten. Tem pouco mais de 144 metros de comprimento e 21,5 de largura. A embarcação tem capacidade para transportar até 400 passageiros. São seis decks, cinco deles com as 205 cabines disponíveis a bordo.

A visita do MS Hamburg marca o retorno do Litoral paranaense nas rotas de turismo após uma pausa de três anos. O último navio a atracar no porto paranaense foi o Midnatsol, em outubro de 2016.

“É uma satisfação imensa receber os turistas que vêm do mundo afora. A última parada foi em 2016, depois disso não tivemos mais. De lá para cá, a cidade também é outra. Paranaguá está com uma nova roupagem. Temos que agradecer o esforço da Portos do Paraná em trazer de volta os turistas, que movimentam nosso comércio local“, diz o prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque, durante a recepção no porto.


( Foto: Claudio Neves/Portos do Paraná)
( Foto: Claudio Neves/Portos do Paraná)
( Foto: Claudio Neves/Portos do Paraná)
Comentários